O GGB    ::    SEJA MAIS UM FILIADO    ::    FAÇA SUA DOAÇÃO    ::    ggb@ggb.org.br
 

Home
Saúde
Movimento GLBT
Grupos GLT
Editorial
Legislação
Direitos Humanos
Orientações
Caderno Cultural
Educação
Agenda 2004
Notícias
Artigos-Opinião
Acontece
Nossas publicações
Turismo
Sociedade
Destaques
Marcelo Cerqueira
Sites
Projetos
Roteiros e serviços

 

  

Jovem é morta a facadas e namorada fica ferida em crime homofóbico em Salvador

Após uma discussão, um vizinho do casal invadiu a casa delas, acompanhado de um amigo. Eles esfaquearam as jovens. Uma delas não resistiu e morreu no local

Salvador, Bahia, quarta-feira, 17 de outubro de 2012 – Do Jornal Correio da Bahia

jovem foi morta na noite de terça-feira

Uma jovem de 19 anos foi morta a facadas e a sua companheira de 22 anos ficou ferida durante um atentado na noite da terça-feira (16), no km 11,5 da Estrada Velha do Aeroporto. O crime aconteceu por volta das 22h30, quando a residência onde o casal morava, na Vila Coração de Jesus, foi invadida por dois homens. Segundo o posto de polícia do Hospital do Subúrbio, Djeane Ferreira Lima e Daiane Almeida dos Santos discutiram com um vizinho delas, identificado pelo prenome de Alan, após ele ter feito piadas de teor homofóbico sobre as duas. As vítimas estavam em casa quando Alan e outro homem invadiram a residência e atacaram as jovens. Daiane foi esfaqueada na cabeça, no rosto, braço esquerdo e no queixo. Já a companheira dela, que também foi golpeada diversas vezes, não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

Confira também. Relatório de crimes contra LGBT em 2011. No Brasil foram 266 e na Bahia 28. Clique AQUI!

Daiane foi socorrida por uma unidade do Serviço Móvel de Urgência (Samu) para o Hospital do Subúrbio, e teve alta médica no início da tarde desta quarta-feira (17). De acordo com a TV Bahia, as jovens estavam juntas há um ano e tinham decidido morar juntas no mês passado.

O corpo de Djeane Ferreira Lima, 19 anos, foi encaminhado para o Departamento de Polícia Técnica (DPT), onde passou por uma perícia. O sepultamento do corpo da jovem acontece ainda nesta tarde (17), no cemitério Quinta dos Lázaros.

O caso está sendo investigado pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), mas até o momento Alan e o outro homem envolvido no crime, que ainda não foi identificado, não foram capturados pela polícia.

Pesquisa IBGE

O crime de caráter homofóbico aconteceu no dia em que o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou nova pesquisa relacionada ao número de casais gays no país. Nela, o Instituto indicou que existem 60 mil casais homoafetivos no Brasil, sendo 20% deles na região Nordeste.

O número de casais corresponde ao total de domicílios onde os próprios moradores declararam viver uma união consensual desse tipo e equivale a 0,1% do total de moradias do país. O IBGE também apontou que entre esses casais, 47,4% se declararam católicos.

Nota do site. O Grupo Gay da Bahia (GGB) encaminhou oficio a Secretária de Segurança Pública e de Justiça, Cidadania e Direitos Humanos pedindo justiça para as moças. No documento salientando a importância da apuração enérgica e aplicação severa da lei para que sirva de exemplo e outros crimes não aconteçam contra os LGBT.

 

 


Voltar

  __________________________________________________________________________________________________________
  Grupo Gay da Bahia - GGB
Rua Frei Vicente, 24 - Pelourinho - Caixa Postal 2552
CEP 40.022-260. Salvador / Bahia / Brasil 
Tel.: (71) 321-1848 / 322-2552 / 322-2176
Fax: 322-3782
 
__________________________________________________________________________________________________________

         © 2003, Todos os direitos reservados, Grupo Gay da Bahia