O GGB    ::    SEJA MAIS UM FILIADO    ::    FAÇA SUA DOAÇÃO    ::    ggb@ggb.org.br
 

Home
Saúde
Movimento GLBT
Grupos GLT
Editorial
Legislação
Direitos Humanos
Orientações
Caderno Cultural
Educação
Agenda 2004
Notícias
Artigos-Opinião
Acontece
Nossas publicações
Turismo
Sociedade
Destaques
Marcelo Cerqueira
Sites
Projetos
Roteiros e serviços

 

  

Ângelo Barroso morre no Rio aos 40 anos de idade

Ao centro Ângelo de Lilith, com Jean Wyllys (camisa amarela)

Salvador, BA - Morreu possivelmente na noite da última sexta-feira,11/8 vitima de uma possível parada cardiorespiratória no apartamento onde morava na Barra da Tijuca no Rio, Barroso, ou Lilith nome da personagem Drag Queem que representava na noite baiana era uma pessoa ímpar e dono de um humor sarcástico inigualável.

O corpo do professor só foi encontrado nessa última segunda-feira 14/8 por vizinhos que incomodados com o cheiro forte que exalava do apartamento resolveram arrombar a porta e se depararam com o corpo de Barroso estendido ao chão já em estado de decomposição e gigantismo.

A morte de Barroso aparentemente não ter outra causa a não ser problema cardiovascular. Na noite de sexta-feira ele havia teclado pela internet com um amigo baiano e conforme conta o amigo tudo parecia estar tranqüilo e ele pela internet demonstrava estar muito feliz por poder vir a Salvador no próximo dia 19 de agosto. “Ele estava contente, disse-me que havia encomendado uma pizza e inclusive me convidou para comer, brincando porque eu estou em Salvador”, disse Binho Rios,26 anos, que se identifica como afilhado de Barroso. O ativista e fundador do Grupo Gay da Bahia Luiz Mott, aguça a curiosidade para outra versão para a causa da morte " É preciso que a Polícia do Rio de Janeiro faça a investigação para poder ver outras possibilidades", diz. " Há que se ver se o corpo não apresenta sinais de algum tipo de violência", completa.

Barroso já morava a dois anos no Rio de Janeiro e estava realizando um sonho impossível que era fazer o seu doutorado em Literatura Medieval na Universidade Federal do Rio de Janeiro. Ele foi muito incentivado pelo amigo Jean Wyllys por quem nutria uma grande amizade, até a data de 14/8 Wyllys não tinha conhecimento da morte do amigo, pois estava viajando a trabalho.

De acordo com informações de familiares o corpo do professor vai ser cremado no Rio de Janeiro devido às condições avançadas de decomposição. O segundo passo é o translado das cinzas que serão enviadas de avião para os preparativos de destinação final na cidade de Miguel Calmon, 4hs de Salvador onde reside grande parte de seus familiares. (Marcelo Cerqueira - Salvador 15/8/06)

 


Voltar

  __________________________________________________________________________________________________________
  Grupo Gay da Bahia - GGB
Rua Frei Vicente, 24 - Pelourinho - Caixa Postal 2552
CEP 40.022-260. Salvador / Bahia / Brasil 
Tel.: (71) 321-1848 / 322-2552 / 322-2176
Fax: 322-3782
 
__________________________________________________________________________________________________________

         © 2003, Todos os direitos reservados, Grupo Gay da Bahia