O GGB    ::    SEJA MAIS UM FILIADO    ::    FAÇA SUA DOAÇÃO    ::    ggb@ggb.org.br
 

Home
Saúde
Movimento GLBT
Grupos GLT
Editorial
Legislação
Direitos Humanos
Orientações
Caderno Cultural
Educação
Agenda 2004
Notícias
Artigos-Opinião
Acontece
Nossas publicações
Turismo
Sociedade
Destaques
Marcelo Cerqueira
Sites
Projetos
Roteiros e serviços

 

  

Debate
Homossexualidade foi tema da Arena Jovem na Bienal do Livro
Por Redação do site do GGB

 

SALVADOR, 21/04/09 – Marcelo Cerqueira, do Grupo Gay da Bahia, Ricardo Liper, professor de Estética da Universidade Federal da Bahia (UFBA) e Osvaldo Fernandez da Universidade Estadual da Bahia (UNEB) foram os palestrantes da Arena Jovem, espaço dedicado a discussão de temas quentes na Bienal do Livro da Bahia que segue até domingo próximo no Centro de Convenções da Bahia.

Três balas em um buraco só para discutir a saída do armário. Foi a primeira vez que o tema da homossexualidade foi debatido na Bienal na Bahia por três homossexuais, iguais na opção sexual, mas distintos nas interpretações do tema.

O professor Ricardo Liper deu inicio ao debate, falou por cerca de 15minutos, seguido por Osvaldo Fernandez e Marcelo Cerqueira. Liper abordou os aspectos mais filosóficos da questão e destacou que a homofobia ou melhor a repressão sexual no seu aspecto mais geral é fruto de uma proibição Tomista, isso é que toda a repressão à homossexualidade encontra sua base filosófica nas pregações de São Tomaz de Aquino.

Falou do mito de Sodoma e Gomorra e da chegada dos anjos aquela cidade e do interesse que aquele fato despertou na população. A parte essa discussão muito interessante do professor o tema da Arena Jovem se aprofundou no debate entre o cultural e genético. Em todas as falas, incluindo a de Cerqueira que falou dos aspectos mais práticos da homossexualidade e a diferença entre homossexualismo e orientação sexual houve intensa e contundente participação da platéia.  

Em sua fala Cerqueira disse que tudo é cultural, nada é genético em relação ao comportamento, em relação a sexo trata-se de uma escolha inconsciente feita em diversas fases da vida da pessoa, pontuou o militante gay.

O antropólogo Fernandez confirmou a fala indicando que mesmo o comportamento do recém nascido no ato de mamar é um comportamento cultural porque logo a mãe estabelece horários de amamentação e o corpo do bebê vai se adaptando aquela nova realidade.

O debate se mostrou interessante com a participação e a presença de vários homossexuais que inclusive se apresentaram como tais na suas intervenções aos convidados. Na opinião dos organizadores o debate foi muito interessante seja pela atuação dos convidados ou pelas intervenções inteligentes que o tema despertou na platéia muito atenta.

Confira outra matéria sobre o tema

BIENAL DO LIVRO DA BAHIA Presidente do GGB vai proferir palestra sobre assunir-se na Arena Jovem.

 

 

 

 


Voltar

  __________________________________________________________________________________________________________
  Grupo Gay da Bahia - GGB
Rua Frei Vicente, 24 - Pelourinho - Caixa Postal 2552
CEP 40.022-260. Salvador / Bahia / Brasil 
Tel.: (71) 321-1848 / 322-2552 / 322-2176
Fax: 322-3782
 
__________________________________________________________________________________________________________

         © 2003, Todos os direitos reservados, Grupo Gay da Bahia