O GGB    ::    SEJA MAIS UM FILIADO    ::    FAÇA SUA DOAÇÃO    ::    ggb@ggb.org.br
 

Home
Saúde
Movimento GLBT
Grupos GLT
Editorial
Legislação
Direitos Humanos
Orientações
Caderno Cultural
Educação
Agenda 2004
Notícias
Artigos-Opinião
Acontece
Nossas publicações
Turismo
Sociedade
Destaques
Marcelo Cerqueira
Sites
Projetos
Roteiros e serviços

 

  

Cultura para alimentar o corpo e a alma
Bevabbè (Assim é Demais) realiza temporada no Gamboa Nova
Por Redação 29/10/09

 

Dodi Conti na montagem Bevabbè (Assim é Demais)

Aos 40 anos, crises são praticamente inevitáveis. Impossível deixar de encarar a necessidade de conhecer melhor a si mesmo, de buscar o que realmente nos faz feliz... E, na maioria das vezes, de mudar! Este é o mote do espetáculo Bevabbè (expressão italiana que significa “assim é demais!”), monólogo com a atriz italiana Dodi Conti interpretando uma personagem que resolve dar uma virada na vida: mudar sua orientação sexual - e pela primeira vez tentar se relacionar com homens!

Bevabbè (Assim é Demais) volta a cartaz em Salvador no Teatro Gamboa, toda quarta e quinta do mês de novembro, às 20h, depois de duas temporadas de sucesso na cidade. No final de 2006 e em 2008, o espetáculo teve casa cheia todas às noites, no Theatro XVIII. “Foi uma experiência maravilhosa e surpreendente para mim, além de um grande desafio fazer um monólogo em outra língua e fora da Itália”, disse Dodi, que reside em Salvador desde 2007 e agora pretende apresentar seu trabalho para um público ainda maior.

Com direção de Maria Cassi e escrito por Conti em parceria com Paola Mammini, Bevabbè parte da crítica da personagem em relação ao que considera a “moda de ser gay”. Para ela, que sempre se relacionou com mulheres, agora é bacana, é cult, ser homossexual. Praticamente todo mundo resolveu experimentar - ou já experimentou - ficar com alguém do mesmo sexo. Além disso, para a personagem, ser diferente também já é algo absolutamente banal. Também é moda!

“Hoje em dia, esta questão é ainda mais forte do que quando apresentei este espetáculo pela primeira vez, na Itália, em 2001. O universo gay está nas novelas, nos seriados... Tem ainda mais glamour”, disse a atriz romana. Indo na contramão desta “tendência”, sua personagem resolve encarar a possibilidade de se relacionar com homens e manter um relacionamento heterossexual. Mas é aí que as coisas complicam.
 
Com o humor do dia-a-dia dos encontros e desencontros amorosos, o texto passa a brincar com arquétipos masculinos tradicionais e com modelos de relacionamento heterossexuais típicos. Entram em cena o pensamento das mulheres e suas insatisfações em relação aos homens, junto com as expectativas delas frente ao homem ideal, ao "príncipe encantado". Por esta abordagem, Bevabbè é uma comédia para todos os públicos.

O texto e a interpretação de Dodi Conti fazem de Bevabbé uma comédia divertida, colorida e original. A peça brinca com a homossexualidade com leveza e senso de humor. “Há poucos textos sobre homossexualidade feminina. Fala-se sobre gays, transexuais, mas pouco sobre a mulher homossexual, por esta razão resolvemos abordar a questão de uma maneira leve”, explica Dodi.

STAND UP COMEDY

Em Bevabbè, durante cerca de 60 minutos, Dodi Conti utiliza técnicas da stand-up comedy e, munida apenas de microfone, sem nenhum tipo de acessório cênico, consegue fazer rir com cenas que demonstram a completa falta de habilidade de seu personagem para entender, e seduzir, o sexo oposto.

Ela volta a apresentar Bevabbè em Salvador num momento em que programas como o CQC têm popularizado o stand up comedy – gênero que a atriz conhece muito bem. Em agosto deste ano, ela participou como convidada do show Comédia em Pé, no Rio de Janeiro, ao lado de atores do CQC. No mesmo mês, Dodi também apresentou Bevvabè na Mostra de Solos do Espaço Parlapatões, em São Paulo. Em Salvador, este ano ela foi coach dos atores do curta-metragem baiano a Morte de DJ em Paris, baseado em livro de Roberto Drummond, com direção de Igor Penna.

Dodi Conti, 49 anos, é reconhecida na Itália pelos diversos trabalhos que realizou no cinema, na televisão e no teatro. Em seu país, já encenou peças de sucessos como Monólogos da Vagina e apresentava o B.R.A., programa de sátira política da rede de TV Italiana RAI. Também atuou em filmes como Muzungu, rodado no Quênia, África.

 

  • Serviço:

O que: Bevabbè (Assim é Demais),
Onde; Teatro Gamboa Nova
Quando: 04 a 26/11 (quarta e quinta)
Horário: 20 horas
Valor: R$ 5 (preço único)
Site: www.teatrogamboanova.com.br
Realização: Teatro Gamboa Nova

Ficha - técnica
Direção: Maria Cassi
Atriz: Dodi Conti
Texto: Dodi Conti em parceria com Paola Mammini

 

 

 


Voltar

  __________________________________________________________________________________________________________
  Grupo Gay da Bahia - GGB
Rua Frei Vicente, 24 - Pelourinho - Caixa Postal 2552
CEP 40.022-260. Salvador / Bahia / Brasil 
Tel.: (71) 321-1848 / 322-2552 / 322-2176
Fax: 322-3782
 
__________________________________________________________________________________________________________

         © 2003, Todos os direitos reservados, Grupo Gay da Bahia