O GGB    ::    SEJA MAIS UM FILIADO    ::    FAÇA SUA DOAÇÃO    ::    ggb@ggb.org.br
 

Home
Saúde
Movimento GLBT
Grupos GLT
Editorial
Legislação
Direitos Humanos
Orientações
Caderno Cultural
Educação
Agenda 2004
Notícias
Artigos-Opinião
Acontece
Nossas publicações
Turismo
Sociedade
Destaques
Marcelo Cerqueira
Sites
Projetos
Roteiros e serviços

 

  

Bairro do Lobato recebeu Caminhada Gay nesse domingo, 26

Um trio e palco para apresentações de bandas e shows garantiram animação

Salvador, Bahia, 27 de setembro de 2010 - 17hs Editoria local do site

A comunidade do Lobato recebeu com muita alegria a I Caminhada Gay na tarde desse domingo, 26. Um trio elétrico e um palco montado no largo em frente ao Colégio Azevedo Fernandes no final de linha do bairro foi o suficiente para juntar a multidão que é característica de eventos do gênero.

O ator transformista Antony Welton que interpreta a personagem Michele Lorem foi quem comandou as apresentações dos cinco shows performáticos que se sucederam um após o outro. Michele Lorem vestindo um modelo dourado colado ao corpo entrou dublando a música Mãe de Samba da banda Timbalada, seguido ela chamou suas colegas e foi muito aplaudida.

O artista transformista Fabiane Galvão levantou gritos e aplausos calorosos das pessoas que assistiam os shows na Praça, ela é famosa por suas acrobacias e piruetas no palco em cima do salto alto.

Após os shows que aconteceram no palco todas as atenções se voltaram para o trio elétrico dando abertura da caminhada com a coroação da madrinha o ator transformista e cabeleireiro Sandro Costa que se caracteriza com o colorido da drag Nicolie Cuscus.

O presidente do Grupo Gay da Bahia (GGB), Marcelo Cerqueira foi quem passou a faixa de madrinha, seguida explanação de Oseas Santana, também membro do GGB.

Após esse momento o trio foi comandado pelo DJ Paulo, o mesmo que tocou na 9 Parada Gay da Bahia no trio da Associação de Travestis de Salvador e afiadíssima Nicolie Cuscus no microfone puxou com palavra de ordem todo o percurso que fez o percuros até a Cesta do Povo na entrada do bairro, retornando sob o comando de Michele Lorem.

O percurso do trio terminou por volta das 19hs, sem brigas e confusões, o publico que participou foi os moradores do bairro que aproveitaram a música eletrônica para se divertir de forma diferenciada. Na passagem do trio as pessoas aplaudiam os gays vestidos e se posicionavam em favor da liberdade e contra a homofobia.

Jovens, crianças, mulheres donas de casa, pais com filhos nos braços foram a praça do Lobato para ver a I Parada Caminhada Gay e oc olorido de uma bandeira enorme que seguia a frente do trio. “A luta das minorias é seduzir a maioria”, disse Marcelo Cerqueira indicando que esse movimento tem sido feito e é visível essa presença nas Caminhadas.

Quando o trio voltou ao seu ponto inicial de partida ainda tocou por alguns instantes, vários homossexuais tiveram acesso ao trio e deram muita pinta e close, usando essas expressões da comunidade.

Após o termino dos trabalhos no trio as bandas começaram a se apresentar no palco, foram cerca de três bandas da comunidade. “Foi uma festa gay para o nosso bairro, foi bom, organizado e teve a participação ordeira de todos os moradores”, disse Joelma Cerqueira, confirmado por Nenega que também fez parte da organização do evento.

A I Caminhada Gay do Lobato foi uma realização do Núcleo Local de Combate a Homofobia com apoio do Grupo Gay da Bahia (GGB). Diversos eventos do gênero aconteceram ontem na Bahia. Somente em Salvador três deles, Lobato, Cidade Baixa e Engenho Velho de Brotas. Ilhéus, Simões Filhos e Castro Alves também realizaram Paradas nesse último domingo. A Bahia é um dos Estados que mais realiza esse tipo de atividade pela diminuição do preconceito.

 


Voltar

  __________________________________________________________________________________________________________
  Grupo Gay da Bahia - GGB
Rua Frei Vicente, 24 - Pelourinho - Caixa Postal 2552
CEP 40.022-260. Salvador / Bahia / Brasil 
Tel.: (71) 321-1848 / 322-2552 / 322-2176
Fax: 322-3782
 
__________________________________________________________________________________________________________

         © 2003, Todos os direitos reservados, Grupo Gay da Bahia