O GGB    ::    SEJA MAIS UM FILIADO    ::    FAÇA SUA DOAÇÃO    ::    ggb@ggb.org.br
 

Home
Saúde
Movimento GLBT
Grupos GLT
Editorial
Legislação
Direitos Humanos
Orientações
Caderno Cultural
Educação
Agenda 2004
Notícias
Artigos-Opinião
Acontece
Nossas publicações
Turismo
Sociedade
Destaques
Marcelo Cerqueira
Sites
Projetos
Roteiros e serviços

 

  

Dia gay em Caravelas
28/01/2008
Parada Gay de Caravelas abre Carnaval na cidade
Por Redação do site do GGB

Legendas: (01) Penalva e Junior Ferreira, madrinha e presidente do GGC, (02) faixa fixada numa praça local (03) fachada do Trio, (04) Sandra Washington, Marcelo Cerqueira e a mestra de cerimônia do evento.

Aconteceu na última sexta-feira 25/01 a I Parada Gay de Caravelas. Tudo conforme divulgado pelos organizadores do evento gay. A concentração ocorreu na Praça da Rodoviária a partir das 14hs reunindo curiosos, gays, lésbicas e muitos simpatizantes que se acomodavam embalados pelo som fino dp DJ Luciano que tocou até as 17h30min quando cedeu lugar a banda Cyclone que tocou inúmeras baladas do Axé, incluindo a insuportavel e politicamente incorreta " Wilson Vai", uma paródia da música "I will survive" da diva Glória Gaynor, aparte isso, tudo nos conformes.

As 17h30min tocou-se o hino nacional e esteou-se a bandeira do Brasil de cima do Trio Elétrico que estava enfeitado com bolas coloridas e uma faixa anunciando a parada gay em cada lateral do veiculo. O organizador do evento Júnior Ferreira, iniciou a cerimônia de coroação da madrinha professora Andréia Penalva, diretora do Colégio Estadual Agripino Barros de Melo. A professora Penalva leu um discurso de duas páginas escrito de caneta por ela mesma no qual pedia respeito aos homossexuais ao tempo que estimulava a participação dos mesmos na sociedade organizada. Ela ainda pontuou algumas passagens históricas da luta dos homossexuais por igualdade, respeito e cidadania.

Seguido palavras da madrinha a mestre de cerimônia chamou Marcelo Cerqueira, presidente do GGB para se pronunciar, representando a entidade. No microfone do alto do Trio, Cerqueira parabenizou Júnior Ferreira e Sandra Washington, organizadores do evento ao tempo que estimulou a organização do movimento no interior do Estado. “Sabemos que ser gay nas grandes cidades é mais fácil, porque muitos se perdem na multidão anônima das metrópoles” disse. “Mas ser gay, lésbica ou travesti no interior é muito mais difícil porque a falta de informação e respeito aos mesmos são alarmantes” conclui Cerqueira.

Ainda estavam presentes no Carro o prefeito municipal Davi de Oliveira e Sérgio Freire atual Secretário Municipal de Turismo e Meio Ambiente. O Trio embalado pela banda Cyclone deu duas voltas pelo centro da cidade acompanhado por uma multidão de aproximadamente três mil e quinhentas pessoas. Ao termino do evento, cerca de 21h30min  muitas pessoas se concentravam-se a frente do  bar Cardume, conhecido ponto de badalação na cidade. Paralelo a isso a praça lotada de pessoas dançado ao som dos inúmeros carros com seus potentes sistemas de som as alturas, peculiaridade do interior da Bahia.  

A Parada ocorreu com muita tranqüilidade, sem brigas e com a participação de muitas crianças de ambos os sexos se divertindo atrás do Trio Elétrico. O evento teve cobertura da TV Cabrália emissor ligado a Rede Bahia de Televisão. Júnior Ferreira que estava muito nervoso antes do evento, ao final tranqüilo com a sensação do dever cumprido. “Graças a Deus tudo deu certo e o nosso evento foi um sucesso”, declarou.

 A Parada Gay de Caravelas de certo modo deu o ponta pé inicial no Carnaval da cidade. Os postes do centro já ostentavam toda a decoração da folia fazendo alusão a temas ambientais peculiaridade e riqueza da região. No próximo sábadoa contece o famoso e tradicional baile dos 40. Ainda há tempo de participar.

Confira fotos do evento em Caravelas

REGISTRO - Confira as Fotos da Parada Gay de Caravelas

Confira anteriores

CARAVELAS - tudo pronto para a I Parada Gay 25 de janeiro próximo

 

 

 

 

 


Voltar

  __________________________________________________________________________________________________________
  Grupo Gay da Bahia - GGB
Rua Frei Vicente, 24 - Pelourinho - Caixa Postal 2552
CEP 40.022-260. Salvador / Bahia / Brasil 
Tel.: (71) 321-1848 / 322-2552 / 322-2176
Fax: 322-3782
 
__________________________________________________________________________________________________________

         © 2003, Todos os direitos reservados, Grupo Gay da Bahia