O GGB    ::    SEJA MAIS UM FILIADO    ::    FAÇA SUA DOAÇÃO    ::    ggb@ggb.org.br
 

Home
Saúde
Movimento GLBT
Grupos GLT
Editorial
Legislação
Direitos Humanos
Orientações
Caderno Cultural
Educação
Agenda 2004
Notícias
Artigos-Opinião
Acontece
Nossas publicações
Turismo
Sociedade
Destaques
Marcelo Cerqueira
Sites
Projetos
Roteiros e serviços

 

  

Caso Ceita
Estudante nega autoria de denúncia contra tenente
Por Redação MARCELO CERQUEIRA

Estudante Vinícius Alves, negou autoria das denúncias feitas a Ouvidoria contra o oficial tenente Ceita. Abaixo reprodução do docuemnto enviado ao site do GGB.

SALVADOR, BA 11/03/09 – O Site do Grupo Gay da Bahia (GGB) acompanhou a ida do tenente Ìcaro Ceita no dia 5 passado a sede da Corregedoria da Policia Militar da Bahia na Rua São Paulo na Pituba para ouvir o depoimento do oficial na defesa de duas sindicâncias oriundas de denúncias feitas contra ele que também é autor de processo contra a Policia por Assedio Moral e preconceito por orientação sexual.

A sindicância foi conduzida pelo major Leal designado pela PM para apurar os fatos que leu trechos das duas denúncias que chegaram vindas da Ouvidoria para serem apuradas, uma do estudante Vinícius Alves e outra da região de Porto Seguro onde o oficial prestou serviços durante anos.

O foto novo no processo refere-se a Vinícius Alves, que no dia 10 passado retirou a denúncia ao tempo que informou não ter nada contra o oficial Ceita e pelo contrário nutre por ele estima e consideração.

No Termo de Declaração o estudante Vinícius alega que não teve conhecimento da denúncia que em tese à mesma não foi feita por ele. Em e-mail enviado ao site do GGB no mesmo dia ele diz o seguinte. “Pessoal. Segue a nota que registrei hoje junto à Corregedoria. Naturalmente eu já seria chamado pra prestar esclarecimento e negar a denúncia, mas como alguns militantes se adiantaram e resolveram promover uma queimação pública de quem tem se dedicado a resolver o caso, achei melhor garantir logo que não tenham dúvidas de qual lado estão os inimigos” diz Vinícius.” Um fato importante, o capitão que me atendeu me informou que nenhum tipo de ligação poderia ter sido feita a mim por nenhum militar ou membro da Corregedoria/Ouvidoria. O procedimento legal não é esse. Portanto, a ligação que recebi na época em que a denuncia foi feita na mídia só comprova o quanto existe uma articulação por dentro que está tentar criar fatos pra complicar o caso” continua.

Enfim, peço que seja colocada a nota no site do GGB e esclarecido que mesmo com a existência da denúncia ela não procede e foi feita sem meu consentimento, assinatura, legitimação. E peço que da próxima vez os camaradas que se importam em resolver o caso, procurem os pares antes de citar seus nomes sem ouvir todas as partes, causando constrangimento moral a minha imagem sem nenhuma necessidade” conclui o texto envido ao site e publicado na integra atendendo ao pedido.

O site também recebeu via e-mail cópia do Termo de Declaração. Já que não foi Vinícius Silva o autor das denuncias enviadas em nome dele, quem poderia ser o autor dessas calunias contra o tenente. O major Leal que fez a oitiva do caso deverá anexar a negativa de Vinicius submeter ao comando da Policia, que deverá seguir como resposta a apuração da Ouvidoria do Estado.

Tenente Ceita considerado vítima nesse processo também acusa a corporação pelos danos psicológicos que tem passado nos últimos anos devido à demora na resolução dessa situação que tem também afetado a sua família qual tem dispensado grande apoio moral e psicológico a ele. Expressamos nossa solidariedde ao estudante Vinicíus Alves, ao tempo que desejamos que a verdadeiro autor da denúncia seja encontrado, ou se apresnete espeontaneamente. (Marcelo Cerqueira)

 

 

 

 

 


Voltar

  __________________________________________________________________________________________________________
  Grupo Gay da Bahia - GGB
Rua Frei Vicente, 24 - Pelourinho - Caixa Postal 2552
CEP 40.022-260. Salvador / Bahia / Brasil 
Tel.: (71) 321-1848 / 322-2552 / 322-2176
Fax: 322-3782
 
__________________________________________________________________________________________________________

         © 2003, Todos os direitos reservados, Grupo Gay da Bahia