O GGB    ::    SEJA MAIS UM FILIADO    ::    FAÇA SUA DOAÇÃO    ::    ggb@ggb.org.br
 

Home
Saúde
Movimento GLBT
Grupos GLT
Editorial
Legislação
Direitos Humanos
Orientações
Caderno Cultural
Educação
Agenda 2004
Notícias
Artigos-Opinião
Acontece
Nossas publicações
Turismo
Sociedade
Destaques
Marcelo Cerqueira
Sites
Projetos
Roteiros e serviços

 

  

Claudia Leitte comemora convite do GGB e deve ser madrinha da 11ª Parada LGBT da Bahia
Evento acontece em 9 de setembro antecipado por uma intensa semana cultural

Claudia Leitte, cantora.

O Grupo Gay da Bahia (GGB) começou no início deste mês a iniciativa para convidar a cantora Claudia Leite para ser a madrinha da 11ª Parada LGBT da Bahia que acontece em Salvador no dia 9 de setembro deste ano. Para chegar até a cantora à entidade usou de sua vasta rede de influência para que o convite chegasse diretamente as suas mãos. Todo o esforço foi reconhecido na tarde de hoje e comemorado pela entidade e seus membros.

Salvador, Bahia, terça-feira, 14 de fevereiro de 2012, 20h30min – por editoria do site

O sinal do sim veio através de entrevista coletiva realizada pela cantora na Pousada do Carmo nesta terça-feira. Na entrevista ela falou sobre o carnaval, gravidez e o convite feito pelo GGB a ser madrinha do evento, que considerou muito especial. “Estou muito honrada. Quero estar lá, arrasando. Só vai depender do meu pós-parto”, afirmou que espera visita da cegonha para o final do mês de agosto.

A escolha da cantora Claudia Leitte para madrinha deu-se pelo fato de ela representar alegria, a espontaneidade, bom exemplo de vida saudável e comprometimento com as políticas de responsabilidade social. De acordo com Marcelo Cerqueira, presidente do GGB a cantora ainda apresenta pontos consideráveis que possibilitaram a indicação ao exemplo da liberdade. “Ela tem abertura de espírito para a liberdade de comportamentos, o que compreende também a promoção da nossa rica diversidade cultural que floresce de forma exemplar no carnaval e se faz presente na Parada”, conclui Cerqueira.

Luiz Mott fundador da entidade destaca o caráter de inclusão do Movimento que tem como exemplo a bandeira do arco íris. “Nosso movimento é inclusivo, quer incluir as pessoas, que se tornaram solidárias e simpatizantes a nossa causa” Declarou Mott do Rio de Janeiro onde participava hoje de um evento do Movimento Cultural Afro Reggae alegre com o fato de que a cantora vai ajudar com o valor social do seu trabalho a diminuir os estigmas e discriminações contra os LGBT.

Já receberam faixa de padrinho ou madrinha, o cantor Edson Cordeiro, Ivete Sangalo, Preta Gil, Mariene de Castro, Carla Cristina, Simone Sampaio, a Ex-reitora da Universidade do Estado da Bahia professora Ivete Sacramento, delegada Isabel Alice, jornalista Rita Batista , cantor Gerônimo e Moema Gramacho, Jean Wyllys e em 2011 a também delegada Patrícia Nuno que deverá passar faixa para Claudia Leite ou uma representante da cantora caso ela esteja em trabalho ou recuperação do parto.

 


Voltar

  __________________________________________________________________________________________________________
  Grupo Gay da Bahia - GGB
Rua Frei Vicente, 24 - Pelourinho - Caixa Postal 2552
CEP 40.022-260. Salvador / Bahia / Brasil 
Tel.: (71) 321-1848 / 322-2552 / 322-2176
Fax: 322-3782
 
__________________________________________________________________________________________________________

         © 2003, Todos os direitos reservados, Grupo Gay da Bahia