O GGB    ::    SEJA MAIS UM FILIADO    ::    FAÇA SUA DOAÇÃO    ::    ggb@ggb.org.br
 

Home
Saúde
Movimento GLBT
Grupos GLT
Editorial
Legislação
Direitos Humanos
Orientações
Caderno Cultural
Educação
Agenda 2004
Notícias
Artigos-Opinião
Acontece
Nossas publicações
Turismo
Sociedade
Destaques
Marcelo Cerqueira
Sites
Projetos
Roteiros e serviços

 

  

GGB busca promover Conferência Homossexual

SALVADOR, BA - 9/12/07 - O Grupo Gay da Bahia já está se mobilizando no intuito de organizar a I Conferência Estadual de Gays, Lésbicas, Travestis e Transexuais na Bahia. O presidente Luiz Inácio Lula da Silva já convocou a conferencia nacional conforme publicação no Diário Oficial da União no dia 28 de novembro. A conferência nacional tem como data limite acontecer em Brasília no mês de abril de 2008. Porém, antes disso a discussão deverá percorrer Estados e municípios Brasileiros.

O GGB no dia 3 de dezembro enviou um oficio para a Secretaria de Justiça, Cidadania e Direitos Humanos aos cuidados da titular da pasta a secretaria Marilia Muricy solicitando uma pauta para poder tratar do evento na Bahia. A entidade também já está se articulando com s Secretaria de Relações Institucionais, com o secretário Rui Costa na busca de um dialogo entre as duas Secretarias na viabilidade do evento.

O GGB imagina construir uma metodologia similar as das Conferências de Juventude e Meio Ambiente com base na discussão dos territórios de identidades que não Bahia são cerca de vinte dois, instituídos com base nos critérios econômicos, regionais e culturais. Para os homossexuais talvez essa metodologia não funcione e sejamos obrigados a pensar em algo equivalente para poder promover os debates a cerca da homofobia nos municípios baianos.

Pensando assim, imaginamos promover o debate onde tem movimento organizado. “ Não será preciso escolher delegados, porque todos que participem dos debates serão considerados delegados para a Estadual ” acredita Marcelo Cerqueira, presidente do GGB. Salvador, Camaçari ou Lauro de Freitas são municípios que poderiam abrigar uma conferencia metropolitana no qual conseguiríamos colocar homossexuais de Simões Filhos, São Sebastião do Passe, Mata de São João, Itaparica, Madre de Deus, agreste de Alagoinhas e outros municípios da região, esses citados são municípios quais existem grupos organizados.

Já Feira de Santana por uma especificidade poderia reunir homossexuais do município e da região do Sertão baiano. A região Sul da Bahia poderia se reunir em Ilhéus, Itabuna ou Itacaré em um evento só. Já o Centro Oeste, seria uma boa oportunidade de organizar o debate em Vitória da Conquista, região ainda com muitas dificuldades de organização gay.

Após a promoção desses debates nos municípios todos esses homossexuais que participaram das municipais poderiam vir como delegados a conferencia Estadual, na qual tiraríamos os delegados para a nacional, em Brasília.

Ainda esse mês de dezembro o GGB vai marcar uma reunião com todos os grupos municipais na sede da entidade no Pelourinho para debater a idéia e construir uma alternativa coletiva de democrática. Hoje em Salvador por ocasião da Celebração dos 59 anos da Declaração dos Direitos Humanos, no Farol da Barra, o ministro Paulo Vanuchi da Secretaria Especial dos Direitos Humanos e oGovernador Jacques Vagner em visita ao stand do Grupo Gay da Bahia (GGB) reforçaram o compromisso do Governo Estadual e Federal em promover esse debate nos municípios baianos.

 

 


Voltar

  __________________________________________________________________________________________________________
  Grupo Gay da Bahia - GGB
Rua Frei Vicente, 24 - Pelourinho - Caixa Postal 2552
CEP 40.022-260. Salvador / Bahia / Brasil 
Tel.: (71) 321-1848 / 322-2552 / 322-2176
Fax: 322-3782
 
__________________________________________________________________________________________________________

         © 2003, Todos os direitos reservados, Grupo Gay da Bahia