O GGB    ::    SEJA MAIS UM FILIADO    ::    FAÇA SUA DOAÇÃO    ::    ggb@ggb.org.br
 

Home
Saúde
Movimento GLBT
Grupos GLT
Editorial
Legislação
Direitos Humanos
Orientações
Caderno Cultural
Educação
Agenda 2004
Notícias
Artigos-Opinião
Acontece
Nossas publicações
Turismo
Sociedade
Destaques
Marcelo Cerqueira
Sites
Projetos
Roteiros e serviços

 

  

Protesto na Parada

Editoria local


DION na Parada Gay - “A mudança é para mostrar a dor da classe GLBTS que a cada tempo que passa está sendo desrespeitada e assassinada sem motivo, simplesmente por ter uma opção diferente do que se considera convencional”, disse Dion.

 

SALVADOR, 12/9/08 - O trajeto do desfile da VII Parada Gay da Bahia, no próximo domingo (14), será coberto por caixões e bandeiras pretas. A encenação é um protesto da transformista Dion pelos assassinatos de gays, travestis e transsexuais.

De acordo com Dion, diversos caixões serão espalhados no trajeto do desfile, simbolizando a morte dos 16 homossexuais baianos assassinados só neste ano. Já as bandeiras pretas representam o luto dos familiares.
Conhecida pelo glamour nas paradas gays do interior e da capital baiana, Dion, ao contrário dos anos anteriores, quando desfilava entre os últimos trios, devido a discoteca andante que montava, se apresentará, este ano, no quinto trio.  “A mudança é para mostrar a dor da classe GLBTS que a cada tempo que passa está sendo desrespeitada e assassinada sem motivo, simplesmente por ter uma opção diferente do que se considera convencional”, disse Dion.

O estado da Bahia é pelo segundo ano consecutivo o campeão brasileiro de assassinato de homossexuais. De janeiro a 1º de setembro deste ano, o Grupo Gay da Bahia (GGB) já contabilizou 16 assassinatos, dois a menos do que o contabilizado em 2007.

Já em todo o Brasil, no mesmo período, foram registradas 155 mortes, contra 122 no ano passado. O Nordeste é considerado, pelos movimentos gays, a região mais perigosa do país: um gay no Nordeste corre 84% mais riscos de ser assassinado do que nas regiões Sul e Sudeste..


STP reforça linhas de ônibus para a Parada Gay 

Para facilitar o deslocamento dos que forem conferir a VII Parada do Orgulho Gay, no próximo domingo, dia 14, a Superintendência de Transporte Público (STP) vai reforçar as linhas de ônibus que circulam nas imediações do local do evento.
De acordo com a STP, 77 linhas deverão operar com a frota máxima de pico de sábado, das 15 às 23 h. Ainda segundo a STP, as linhas com destino à Baixa dos Sapateiros deverão, a partir das 15 horas, fazer o retorno no Terminal da Barroquinha.


Serviço
Confira a relação completa das linhas de ônibus que serão reforçadas para a Parada Gay:
 
 
O que você achou desta matéria?
Ronaldo Washington Lopes (11/09/2008 - 19:40)
Todos nos sabemos da luta de Marcelo Cerqueira para minimizar esses assassinatos na Bahia, mas é preciso muito mais para que finalize os crimes, todos temos a consciência de que devemos ter representantes com compromisso contra a desigualdade seja contra negros,gordos,portador de deficiências físicas ou gay.Estamos próximo de um pleito eleitoral é nesse momento que decidimos então pensem muito antes de cometer um erro de quatro anos.

Jober Pascoal (11/09/2008 - 18:40)
Até que enfim, o movimento homossexual vem trazendo um debate político em suas paradas, cuja caracterização primou por anos a carnavalização erótica...evidentemente, também política... No entanto, o crescente número de mortos e o flagrante preconceito nas ruas, no trabalho e no convívio social só provam que alguma coisa precisa ser repensada nessas tomadas simbólicas que uma Parada Gay representa.. Está na hora de o movimento contra-sexista, diga-se de passagem, ainda machista, ser mais político.

 

 

 


Voltar

  __________________________________________________________________________________________________________
  Grupo Gay da Bahia - GGB
Rua Frei Vicente, 24 - Pelourinho - Caixa Postal 2552
CEP 40.022-260. Salvador / Bahia / Brasil 
Tel.: (71) 321-1848 / 322-2552 / 322-2176
Fax: 322-3782
 
__________________________________________________________________________________________________________

         © 2003, Todos os direitos reservados, Grupo Gay da Bahia