O GGB    ::    SEJA MAIS UM FILIADO    ::    FAÇA SUA DOAÇÃO    ::    ggb@ggb.org.br
 

Home
Saúde
Movimento GLBT
Grupos GLT
Editorial
Legislação
Direitos Humanos
Orientações
Caderno Cultural
Educação
Agenda 2004
Notícias
Artigos-Opinião
Acontece
Nossas publicações
Turismo
Sociedade
Destaques
Marcelo Cerqueira
Sites
Projetos
Roteiros e serviços

 

  

Dj Lekos "Vibro com as viradas, com a energia do público" diz.

Jovem e talentoso

Salvador, Bahia, 5 de setembro de 2010 - 23hs - Editoria do Site - Marcelezza!

Ele usa óculos, mas isso deixa o moço com certo ar de intelectual. Mas é só a cara, porque no comando da pick-up, ele se transforma. Como diz um amigo meu, ele tem outro por dentro.

Um bate papo com o dj Lekos, dj e locutor da Web Rádio OmegaHitz. Ele falou para o site sobre o seu estilo musical e o que lhe dá mais prazer nessa profissão tão competitiva.

Então perguntamos para o jovem. Fala para gente um pouco sobre você, sua pegada, seu estilo musical, o que te faz vibrar com a música eletrônica. O que te deixa em transe nisso tudo?
Bom! Tenho um estilo diferenciado na Bahia acredito eu. Gosto muito do estilo tribal house, cantado, sabe? Claro que existem djs muito bons aqui na Bahia e pude apreciar seus trabalhos como Oliver Jack, Chiquinho, Berns, Arthur e outros muitos por ai. Meu estilo? Tenho percebido que os gays gostam passo muito tempo escolhendo as versões, procurando o melhor produtor e isso resulta num público bem animado nas pistas.

Meu estilo é um tribal house comercial com muita voz e batidas fortes, toco  tudo, mas esses estilos são os que mais gosto de mandar em baladas gays. O que me faz vibrar? Acho que dj tem que conseguir analisar a música, sentir a música e seus arranjos. Se emocionar, literalmente, quando uma batida, um vocal, ou um arranjo tocam em seus ouvidos. 

Fico louco quando quero dizer aos meus amigos e a música vai virar e eles só querem saber de dançar. Hehehe Normal..Vibro com as viradas, com a energia do público, a gritaria a cada música que vem entrando fico em transe quando a galera canta, dançam, apontam pra o dj na pick-up, dizendo que esta ótimo e querem mais. 

A satisfação maior é saber que você fez a noite de alguém muito boa, satisfatório é descer da pick-up e o pessoal com carinho vir complementá-lo e dizer que você arrasou. Isso sim é meu orgulho e minha satisfação em ser dj. 

 

 


Voltar

  __________________________________________________________________________________________________________
  Grupo Gay da Bahia - GGB
Rua Frei Vicente, 24 - Pelourinho - Caixa Postal 2552
CEP 40.022-260. Salvador / Bahia / Brasil 
Tel.: (71) 321-1848 / 322-2552 / 322-2176
Fax: 322-3782
 
__________________________________________________________________________________________________________

         © 2003, Todos os direitos reservados, Grupo Gay da Bahia