O GGB    ::    SEJA MAIS UM FILIADO    ::    FAÇA SUA DOAÇÃO    ::    ggb@ggb.org.br
 

Home
Saúde
Movimento GLBT
Grupos GLT
Editorial
Legislação
Direitos Humanos
Orientações
Caderno Cultural
Educação
Agenda 2004
Notícias
Artigos-Opinião
Acontece
Nossas publicações
Turismo
Sociedade
Destaques
Marcelo Cerqueira
Sites
Projetos
Roteiros e serviços

 

  

Parabéns
Exposição retrata 30 anos de movimento homossexual
Por Redação

SALVADOR, 3/9/8 - O Grupo Gay da Bahia (GGB) realiza até 15 de setembro, na Biblioteca Pública do Estado (Barris), uma exposição sobre os 30 Anos do Movimento Homossexual Brasileiro.

Estão expostos livros sobre a história da homossexualidade no Brasil, cartões postais, fotografias e cartazes alusivos ao movimento que luta por direitos humanos da comunidade de gays, lésbicas e travestis (GLTB) na Bahia e no Brasil.

Entre as obras expostas, algumas raridades do acervo da biblioteca, como A Libertinagem no Rio de Janeiro, de 1906, e A Inversão dos Sexos, do professor Estácio de Lima, de 1935.

A exposição está em sintonia com Ciclo de Conferências dos Movimentos Sociais que será realizado nesta quinta-feira (4), às 17h, também na Biblioteca Pública do Estado. O ciclo de conferências discute a trajetória de lutas e conquistas do Movimento GLTB na Bahia.

“A exposição 30 Anos do Movimento Homossexual Brasileiro quer resgatar e registrar aspectos culturais e humanitários da defesa dos direitos de cidadania da comunidade GLTB, além de mostrar aos leitores o acervo da Biblioteca Pública do Estado sobre o tema”, destaca o curador da exposição, Luiz Mott, professor titular da UFBa e fundador do Grupo Gay da Bahia (GGB).

Histórico

O Movimento Homossexual Brasileiro (MHB) foi fundado em São Paulo, em 1978, tendo como primeiro grupo organizado o “Somos”, a partir do qual foram fundados mais de duzentos grupos GLTB de norte a sul do país.

A finalidade do MHB é lutar contra a homofobia e defender os direitos constitucionais das minorias sexuais. Na Bahia, a primeira ONG homossexual fundada foi o Grupo Gay da Bahia (GGB), em 1980, e depois a Associação Brasileira de Gays, Lésbicas e Travestis, em 1995.

Homofobia

A Bahia registrou, em 2007, a maior incidência em todo o país de crimes cometidos contra homossexuais, mesmo sendo um dos estados pioneiros na defesa dos direitos da comunidade GLTB.

Os chamados “crimes de ódio”, nos quais homossexuais são assassinados com requintes de crueldade, não acontecem exclusivamente na Bahia. No ranking dos países onde os assassinatos são freqüentes, o Brasil ocupa a primeira posição.

Entretanto, o ano de 2008 representa uma importante conquista. Pela primeira vez na história, o governo federal realizou a 1ª Conferência GLTB, que discutiu os caminhos e alternativas para garantir a cidadania homossexual.

 

 

 

 

 


Voltar

  __________________________________________________________________________________________________________
  Grupo Gay da Bahia - GGB
Rua Frei Vicente, 24 - Pelourinho - Caixa Postal 2552
CEP 40.022-260. Salvador / Bahia / Brasil 
Tel.: (71) 321-1848 / 322-2552 / 322-2176
Fax: 322-3782
 
__________________________________________________________________________________________________________

         © 2003, Todos os direitos reservados, Grupo Gay da Bahia