O GGB    ::    SEJA MAIS UM FILIADO    ::    FAÇA SUA DOAÇÃO    ::    ggb@ggb.org.br
 

Home
Saúde
Movimento GLBT
Grupos GLT
Editorial
Legislação
Direitos Humanos
Orientações
Caderno Cultural
Educação
Agenda 2004
Notícias
Artigos-Opinião
Acontece
Nossas publicações
Turismo
Sociedade
Destaques
Marcelo Cerqueira
Sites
Projetos
Roteiros e serviços

 

  

Evento

Identidade e preconceito são temas de debate na Faculdade São Thomaz de Aquino
Editoria local Salvador, Ba, 30/04/2010 - 15h43 min


Foto: GGB Imagem

Cerqueira, Jacob, Geiger e Taurino - Identidade e preconceito.

 

Identidades e preconceitos foi o titulo do debate caloroso que aconteceu na noite de ontem, quinta-feira na Faculdade São Thomaz de Aquino, Campus da Federação nas instalações da instituição no terceiro piso do Shopping Liberdade.

A exposição do tema começou as 19hs e terminou por volta das 21h30 com um caloroso debate entre professores, alunos e expositores.

A mesa de exposição foi coordenada pelos professores da instituição Alfredo Jacob e Taurino. Os convidados, professor Marcelo Cerqueira,presidente do GGB, o ativista negro Geraldo Geiger e a presença feminina na mesa, reivindicada pelo professor Jacob coube a professora Claudia Paraíso.

O professor Jacob de forma brilhante abriu os trabalhos reivindicando ser Judeu, cumprimentando a todos com a expressão Shalon, que seria para ele uma identidade de resistência. Como se tratava o evento de assumir uma ou várias identidades, Cerqueira começou sua fala se assumindo gay, negro, homem e brasileiro. Respondeu perguntas a cerca das identidades sexuais, das diferenças entre sexo social, sexo psicológico e sexo social.

Falou dos estudos de Freud a cerca da construção da orientação sexual como conhecemos hoje. “O sexo biológico não é determinante na vida da pessoa existe outras formas de expressar a sexualidade”, disse Cerqueira, indicando que ele está em conformidade com o seu sexo biológico e social. Diante da platéia de pé ele fez a distinção. “Vejam só eu aqui com o meu sexo social em conformidade com o biológico, vestido com trajes masculinos e me portando como tal”, fazendo a comparação com a questão das travestis e transexuais.

 

 

 


Voltar

  __________________________________________________________________________________________________________
  Grupo Gay da Bahia - GGB
Rua Frei Vicente, 24 - Pelourinho - Caixa Postal 2552
CEP 40.022-260. Salvador / Bahia / Brasil 
Tel.: (71) 321-1848 / 322-2552 / 322-2176
Fax: 322-3782
 
__________________________________________________________________________________________________________

         © 2003, Todos os direitos reservados, Grupo Gay da Bahia