O GGB    ::    SEJA MAIS UM FILIADO    ::    FAÇA SUA DOAÇÃO    ::    ggb@ggb.org.br
 

Home
Saúde
Movimento GLBT
Grupos GLT
Editorial
Legislação
Direitos Humanos
Orientações
Caderno Cultural
Educação
Agenda 2004
Notícias
Artigos-Opinião
Acontece
Nossas publicações
Turismo
Sociedade
Destaques
Marcelo Cerqueira
Sites
Projetos
Roteiros e serviços

 

  

Triste África
Homofobia e violência em Moçambique e Maputo
Por Redação

 

A calvário de um homossexual em Moçambique. Selvageria! Clique na foto para ampliar.

 

SALVADOR, 28/05/09 – Por uma África livre, por uma África liberta das mentes atrasadas do preconceito. Estas fotos estão sendo divulgadas pela internet. É uma denúncia de como os homossexuais são tratados em Moçambique, violência, agressão preconceito e discriminação.

O Brasil não pode ser uma nação irmã da nação Africana com índices tão desumanos em relação aos homossexuais daquele mundo. Selvagem, selvageria de um grupo contra os gays. Veja bem essas fotos, esperamos que elas lhes revoltem o estomago e lhe estimule a denunciar Moçambique nas Cortes de Direitos Humanos Internacionais. Ser homossexual em um lugar como este é correr sério risco de vida. Veja agressão gratuita, a humilhação passada pelo homossexual já sequelado, no chão indefeso sendo barbaramente espancado por uma africana selvagem.

É preciso que no Festival de Artes e Cultura Negra que acontece em dezembro no Senegal todos se unam em um protesto sonoro e tão grandioso que possa banir esse tipo de opressão aos nossos irmãos homossexuais. A Fundação Palmares, o Itamaraty e toda delegação governamental deve inserir em sua ação estratégica e documentos oficiais menção pela erradicação da homofobia na África.

Denuncie e divulgue essas fotos na esperança de que a justiça seja feita, porque esperança, temos ainda na Justiça. Ou não, não não?. Que homossexuais não morra por causa do preconceito.

Luiz Mott, fundador do GGB a cerca de quatro anos esteve em Moçabique, Maputo e presenciou de perto cenas de preconceito e discriminação. Segundo Mott existe um germe de um moviemnto gay local, mas ainda na visão do antropólogo a homofobia continua sobretudo impulsionada pelos fundamentalistas cristãos e provocam cenas tristes como estas da foto. Entre nesses sites e faça sua denúncia

Anistia Internacional - http://www.br.amnesty.org/

Embaixada de Moçambique - http://www.mozambique.org.br/

Relações Exteriores - http://www.mre.gov.br/

Nações Unidas - http://www.onu-brasil.org.br/

 

 

 

 

 

 


Voltar

  __________________________________________________________________________________________________________
  Grupo Gay da Bahia - GGB
Rua Frei Vicente, 24 - Pelourinho - Caixa Postal 2552
CEP 40.022-260. Salvador / Bahia / Brasil 
Tel.: (71) 321-1848 / 322-2552 / 322-2176
Fax: 322-3782
 
__________________________________________________________________________________________________________

         © 2003, Todos os direitos reservados, Grupo Gay da Bahia