O GGB    ::    SEJA MAIS UM FILIADO    ::    FAÇA SUA DOAÇÃO    ::    ggb@ggb.org.br
 

Home
Saúde
Movimento GLBT
Grupos GLT
Editorial
Legislação
Direitos Humanos
Orientações
Caderno Cultural
Educação
Agenda 2004
Notícias
Artigos-Opinião
Acontece
Nossas publicações
Turismo
Sociedade
Destaques
Marcelo Cerqueira
Sites
Projetos
Roteiros e serviços

 

  

Jorge Pedra

Apresentador da TV Salvador é assassinado a facadas em hotel
Editoria local Salvador, Ba, 1.10.09 -23hs - George Brtio* l A TARDE


Apresentador Jorge Pedra

 

O apresentador Jorge Pedra, do programa 'Fama e Sucesso', da TV Salvador, foi encontrado morto neste domingo, dia 1º, por volta da 19h30, no primeiro andar do Hotel Democrata, localizado na Rua Gabriel Soares, no Largo Dois de Julho (centro da cidade).

Segundo a delegada titular da 1ª CP (Delegacia dos Barris), Patríca Nuno, o corpo do jornalista foi atingido por golpes de faca. Um funcionário, que não quis se identificar, disse que a vítima teria matido relações sexuais com um homem ainda não identificado pela polícia.

A arma usada pelo agressor, que fugiu do local pela porta dos fundos do estabelecimento, foi encontrada próxima ao corpo. A polícia espera o laudo da perícia técnica para dar início a investigação. Jorge Pedra era formado em jornalismo e iníciou a carreira em 1978, quando trabalhou para uma colunista social. ( A Tarde Online).

GGB lamenta ocorrido e quer que hotéis tenham mais controle de quem entra para esse tipo de encontro

O Grupo Gay da Bahia (GGB) tomou conhecimento do crime na noite de hoje e fez contato por telefone com a titular da 1 Delegacia de Policia, Dra Patrícia Nuno para ajudar nas buscas pelo assassino de Pedra.

O GGB vai enviar carta a todos os hotéis do centro da cidade e a Associação de Hotéis para que a identificação das pessoas seja feita regularmente, mesmo que o cliente seja um freqüentador diário do hotel ou motel. “Se as duas pessoas deixam a identidade na recepção ou preenchem uma ficha como acontece nos hotéis de hospedagem, essa situação não ocorre com tanta freqüência”, acredita Marcelo Cerqueira, presidente do GGB.

O GGB lamenta o trágico assassinato do jornalista e mais uma vez divulga texto com orientação para diminuir esse tipo de ocorrência junto a comunidade homossexual, considerando que nenhum lugar é seguro, mas pode-se diminuir o grau de vulnerabilidade da pessoa. O texto do GGB ensina que se você quer se divertir faça de maneira segura que possa reduzir os riscos de violência e morte. “Pegar eventuais parceiros nas ruas é sempre um risco muito grande. Isso não vale apenas para homossexuais e sim para qualquer pessoa”, acredita Cerqueira. Fica mais um  trágico acontecimento para que todos tomem cuidado com suas vidas.

    Dicas de como diminuir os riscos

    • Participe dos programas coletivos de sua comunidade, sobretudo naqueles sobre segurança e prevenção de delitos.
    • Se você vive sozinho, procure manter contato com alguma pessoa ou vizinho de sua inteira confiança, a quem possa chamar em caso de emergência.
    • Seja prudente em suas conversas com desconhecidos, não dê dados sobre seu domicílio, atividades ou lugar de trabalho.
    • Procure sair à noite em companhia de amigos. Procure não levar objetos de valor que chamem atenção.
    • Em suas atividades diárias e de recreação, cultive redes de amizade, nas quais encontre apoio emocional e cuidado mútuo
    • Se você acaba de conhecer alguém, procure apresentá-lo a amigos, conhecidos ou vizinhos. Procure conhecê-lo melhor, peça informações pessoais e investigue quem mais o conhecido.
    • Evite riscos. Não convide recém-conhecidos para sua casa. Se você sair acompanhado, faça com que haja sempre alguém que saiba com quem você saiu, ainda que já o conheça há alguns dias.
    • Se você vai para um hotel, registre-se com seu nome real, assim como o de seu acompanhante, isso é importante para identificar  caso haja alguma confusão ou violência
    • Nos hotéis e lugares privados, mantenha-se sempre alerta. Caso note algo suspeito, peça auxílio. Não adormeça junto a pessoas que conhece pouco.
    •  Se você vai tomar um táxi, procure escolhê-lo. Não embarque naqueles que lhe oferecem serviços fora dos bares ou que param sem que tenham sido chamados.
    •  Vigie sua bebida para evitar que nela sejam misturadas substâncias soníferas. Procure deixar a música em volume baixo, para que os vizinhos possam ouvi-lo no caso de você necessitar de ajuda.
    • Prefira para encontros sexuais clubes noturnos e saunas, pois são locais fechados e vigidos por segurança e câmaras. Em Salvador existe vários deles, veja relação em nosso site na parte de roteiros.
    •  Evite o contágio de infecções transmitidas sexualmente. Use camisinha.

     

     

 

 

 

 


Voltar

  __________________________________________________________________________________________________________
  Grupo Gay da Bahia - GGB
Rua Frei Vicente, 24 - Pelourinho - Caixa Postal 2552
CEP 40.022-260. Salvador / Bahia / Brasil 
Tel.: (71) 321-1848 / 322-2552 / 322-2176
Fax: 322-3782
 
__________________________________________________________________________________________________________

         © 2003, Todos os direitos reservados, Grupo Gay da Bahia