O GGB    ::    SEJA MAIS UM FILIADO    ::    FAÇA SUA DOAÇÃO    ::    ggb@ggb.org.br
 

Home
Saúde
Movimento GLBT
Grupos GLT
Editorial
Legislação
Direitos Humanos
Orientações
Caderno Cultural
Educação
Agenda 2004
Notícias
Artigos-Opinião
Acontece
Nossas publicações
Turismo
Sociedade
Destaques
Marcelo Cerqueira
Sites
Projetos
Roteiros e serviços

 

  

Jovem é executado a tiros dentro de casa no Alto do Pará
Wesley Sobrinho, da Agência A Tarde

Salvador, BA, 23/06/2008 - O jovem Fernando Augusto Bispo dos Santos, 29 anos, foi morto com cinco tiros dentro da própria residência, situada na Rua Rocinha do Pará, no bairro Alto do Pará, região próxima ao Largo do Tanque, em Salvador. Moradores da rua, na maioria parentes da vítima, estão chocados com o assassinato, que aconteceu por volta das 1h40 da madrugada desta segunda-feira, 23.

Um homem, de identidade desconhecida, arrombou a porta de alumínio da casa da vítima e entrou. Fernando, que se preparava para tomar banho, estava no banheiro envolto em uma toalha, quando foi surpreendido pelo assassino e morto por cinco tiros. Através da análise das cápsulas encontradas no local do crime, a polícia constatou que a arma utilizada na execução foi um revólver de calibre 32.

Segundo moradores da rua, em depoimento à polícia, minutos antes do assassinato a vítima conversava com patentes da sacada da casa – que fica no 1° andar de um sobrado – e, após entrar, o assassino apareceu, subiu até a residência, arrombou a porta e deflagrou os tiros. A vítima fugiu em seguida, sem ser identificada.

De acordo com policiais da 4ª CP (Delegacia de São Caetano), onde o caso foi instaurado, Fernando era homossexual e sua casa era freqüentada por marginais. A polícia acredita que o crime foi cometido por um desses criminosos.

O corpo da vítima foi removido, pelo Departamento de Polícia Técnica (DPT), para o Instituto Médico Legal (IML) Nina Rodrigues. As investigações prosseguem nesta manhã, sob a coordenação da delegada plantonista da 4ª CP, Vera Lúcia.


10º assassinato na Bahia, 76 no Brasil em 2008


A Bahia, lastimavelmente, continua liderando desde o ano passado tal lista macabra. Vamos investigar mais este crime para ver se há homofobia ou apenas vingança poderia ter sido o motivo. Importante afirmar que mesmo nos crimes contra homossexuais envolvidos em possíveis ilícitos, certamente o fato da homossexualidade é fator que pesa na decisão de matar ou não. A vulnerabilidade social e deve ser levada em conta a homofobia institucional e cultural no Brasil, são fatores que certamente acabam por vitimar centenas homossexuais. ( Da Assessoria do GGB site)

Também na tarde de hoje tivemos notícia de que uma lésbica teria sido assassinada no bairro de São Caetano.


 

 

 


Voltar

  __________________________________________________________________________________________________________
  Grupo Gay da Bahia - GGB
Rua Frei Vicente, 24 - Pelourinho - Caixa Postal 2552
CEP 40.022-260. Salvador / Bahia / Brasil 
Tel.: (71) 321-1848 / 322-2552 / 322-2176
Fax: 322-3782
 
__________________________________________________________________________________________________________

         © 2003, Todos os direitos reservados, Grupo Gay da Bahia