O GGB    ::    SEJA MAIS UM FILIADO    ::    FAÇA SUA DOAÇÃO    ::    ggb@ggb.org.br
 

Home
Saúde
Movimento GLBT
Grupos GLT
Editorial
Legislação
Direitos Humanos
Orientações
Caderno Cultural
Educação
Agenda 2004
Notícias
Artigos-Opinião
Acontece
Nossas publicações
Turismo
Sociedade
Destaques
Marcelo Cerqueira
Sites
Projetos
Roteiros e serviços

 

  

Entrevista ping pongue

Jovem e talentoso Leonardo Kalls Vídeo-disk-jockey manda as baladas certas nas noites de Salvador

Por Redação Marcelo Cerqueira DRT-BA 2135

Lindo, loiro e cabeludo ele tem 26 anos e já é um dos ícones da cena noite em Salvador. Ele tem um nome que é meio difícil de pronunciar, Kallshemmeyer então, resolveu mudar para Leonardo Kalls, que ficou muito mais simples como sua vida a beira do mar de Stela Maris.

Gosta de comida baiana e acredita que Gandhy é o grande Pop Star do milênio. É isso ai o moço é da paz apesar de agitar muito na pista de dança fazendo a união perfeita da batida com a imagem a ser projetada naquele exato momento da música. Se a música tá para alimentar a alma. Ele oferece a imagem dos deuses nas pistas de dança. É isso que é ser Video-disk-jockey producer,mais conhecido com VDJ.

O site do GGB bateu um papo bem descontraído com Léo Kalls nesse domingo chuvoso em Salvador, confira.  

SITE DO GGB - E ai Leonardo?
LEONARDO KALLS - Bem, curtindo a chuva em casa aqui em Stela

O SITE - Faz o que da vida?
LK - Sou cantor e Vídeo-Disk-Jockey Producer. Tenho uma produtora de eventos na cidade promovemos festas.

SITE - Ta namorando?
LK - Estou solteiro em Salvador hehehehe ...

O SITE - Tecla de onde?
LK - De Stella Maris, onde moro e adoro essa praia maravilhosa aqui de Salvador.

O SITE - O que é esse lance de VDJ?
Bem. Tudo começou quando morava em São Paulo e trabalhava na noite eletrônica de lá. Eu sempre analisava os trabalhos dos DJs separadamente, aquilo me fascinava. Um dia acreditei que poderia fazer algo diferente e resolvi fundir os dois trabalhos e com um pouco de jogo de cintura e baianidade deu certo. Aprendi sobre as duas profissões e achar o ponto de fundi-las.  

O SITE - Como gera esse lance de VDJ?
LK – O lance do VDJ é unir em sincronia e efeitos a mixagem musical com a mixagem visual. Unir música e vídeos na mesma sincronia e assim gerar um set áudio-visual, é fantástico!

O SITE – Humrum, então você é de Sampa?

LK – Hahahah não, não... Sou loiro, mas sou baiano do dendê... Como dizia aquela propaganda do supermercado... Orgulho de ser nordestino.

O SITE – O que gosta mais de fazer para passar o tempo?
LK – Sou viciado em vídeo-game desde moleque... Se não estou fazendo nada estou na frente do computador jogando Street Fighter e derivados, viciado mesmo. Já ganhei ate campeonato de games, pense ai.

O SITE – Gosta de fazer comidinhas?
LK – Sempre cozinhei desde pequeno gostava.  Lá em casa mamãe jogava duro e ensinou agente a fazer ovo frito. Eu me garanto no fogão, adoro.

O SITE - Uma comida gostosa?
LK - Vatapá. Verdadeira paixão, adoro só em pensar vem a vontade. Os olhos brilham e se deixar eu como só com pimenta.

O SITE - Você come muito bem?
LK - Adoro comer e como muito bem. Hehehehehe como muitíssimo bem e sempre.

O SITE - Então a fama faz o mito?
LK - Ah! Sim. Sem duvidas.

O SITE - Sexo é o problema ou a solução?  
LK - Sexo sempre é solução. Se você mantém vida sexual sempre em dia acaba mais tranqüilo e racional pra resolver o restante dos problemas, penso. Nada melhor que uma noite de sexo pra você acordar no dia seguinte com um sorriso no rosto.

O SITE - E a vida é o que?
LK - Ser feliz. Vivo como se fosse morrer amanhã. Procure viver com intensidade.
 
O SITE - Um filme fabuloso?
LK - Hair um musical dos anos 70 que acredito fazer qualquer um repensarem seus valores e ver ao seu redor de maneira bem diferente.

O SITE - Uma novela inesquecível?
LK - VAMP. Sem duvidas. Eu era adolescente e me imaginava um dia sendo vampiro de olhos vermelhos soltando raios pelas mãos.

O SITE - Uma pop star?
LK - Sou 100% THE PUSSYCAT DOLLS. Quem me conhece sabe disso. Quando toca um hit delas ou sou eu tocando ou um pedido meu ao DJ. Balada sem PCD não é balada perfeita.

O SITE - O pop do milênio?
LK - Gandhy ele foi o grande nome da humanidade no meu ponto de vista. Se um dia eu pensar e agir 10% da mesma maneira que ele eu serei um ser melhor

O SITE - Quem levaria para uma ilha deserta?
LK - Puts. Só se for à ilha de LOST hehehehe... Nao levaria ninguém só meu cachorro. Ele é o único que merece no momento ficar perdido comigo.

O SITE - Quem você deixaria lá?
LK - Posso deixar uma lista. Tenho aqui em casa uma agenda cheia de nomes que indicaria a ficar perdido sozinho numa ilha bem distante.

O SITE - Quem é o erro?  
LK - O erro é querer me acordar de manhã cedo depois de uma noite de trabalho. Tenha certeza que seria o pior erro da vida de qualquer um. Fico muito de mal humorado quando acordo. Ainda mais se perder a noite. Fico insuportável.

O SITE - Quem você queria que lhe errasse?
LK - Quem me inveja e quem não tem capacidade de ter seu lugar ao sol e aproveita da simplicidade dos outros. Os alpinistas e de quem se faz amigo pra se aproveitar da boa vontade.

O SITE - Para quem você daria o Oscar Gay do GGB?
LK - Léo Kret. Ele surpreendeu muita gente na cidade e isso ninguém pode negar que teve fibra de segurar a onda.

O SITE - Quem você daria o Pau de Sebo do GGB
LK - Já o Pau de Sebo eu dou pra mídia alternativa da cidade. Que ate hoje me parece que não sabe fazer jornalismo imparcial e de credibilidade. Vivem um cartel falso e ao invés de fazer crescer a cena, fazem o contrario.

Confira alguns de seus trabalhos - http://www.youtube.com/leonardokalls

http://www.youtube.com/profile?user=leonardokalls&view=videos

 

 

 

 

 


Voltar

  __________________________________________________________________________________________________________
  Grupo Gay da Bahia - GGB
Rua Frei Vicente, 24 - Pelourinho - Caixa Postal 2552
CEP 40.022-260. Salvador / Bahia / Brasil 
Tel.: (71) 321-1848 / 322-2552 / 322-2176
Fax: 322-3782
 
__________________________________________________________________________________________________________

         © 2003, Todos os direitos reservados, Grupo Gay da Bahia