O GGB    ::    SEJA MAIS UM FILIADO    ::    FAÇA SUA DOAÇÃO    ::    ggb@ggb.org.br
 

Home
Saúde
Movimento GLBT
Grupos GLT
Editorial
Legislação
Direitos Humanos
Orientações
Caderno Cultural
Educação
Agenda 2004
Notícias
Artigos-Opinião
Acontece
Nossas publicações
Turismo
Sociedade
Destaques
Marcelo Cerqueira
Sites
Projetos
Roteiros e serviços

 

  

Natal... Natal. Feliz Ano Novo.

O Natal e uma tradição católica que ao longo dos anos transformou-se em uma festa mundana, como tudo que é absolvido pelo popular. Uma festa que enriquece empresários de todo o mundo vendendo suas bugigangas para o consumo no dia e durante os dias do ano.

Mas, certamente esse momento não deixa de ser um momento de sociabilidade entre as pessoas. Espera-se que o espírito de Natal penetre nos corações inundando de esperança, alegria e felicidade. Esses são os votos mais comuns do Natal. É Natal, um Feliz Natal, muito amor e paz pra você.

Como fica o conceito de Natal e o modo de vida dos homossexuais. O Natal é uma correria só, visita-se amigos, familiares é uma corrida as visitas domiciliares isso tudo meio que desfigura esse real espírito, que seria a união e a recepção da família em casa.

Os gays que tem família e que as famílias os aceitam passam esse momento geralmente com a família e o conceito do momento não tem muito a ver com eles com as suas vidas. Muitos preferem ficar em casa que irem aos locais de diversão deles, os bares ficam vazios, as saunas tudo se fecha. Eles ficam perdidos e todos esperam que isso acabe logo.

Natal é pior que virada de ano. Ao menos na virada reforça-se a esperança em arrumar um emprego, um marido, um namorando, ter mais sorte na vida, no jogo e no amor. Os casais beijam-se reforçam laços e os gays fazem isso também, isso e bárbaro fazer nas águas salgadas de Iemanjá. O clima de ano novo é de esperança e inclusão, festa e renovação. Para os gays isso é bom. A vida começa a tomar os eu curso e aquele sentimento de medo, solidão começa a dar espaço para um Feliz Ano Novo.

Que em 2009 agente possa comemorar a cura para curar todas as pessoas infectadas pelo vírus da aids, que agente possa encontrar a vacina para imunizar novas infecções, possa ter mais recursos para trabalhos educativos no combate a homofobia. Que em 2009 ninguém morra vitima do preconceito e da homofobia. Que as novelas possam mostrar personagens positivos que ajudem a diminuir os estigmas e discriminações contra nossos irmãos homossexuais.  São os nossos votos de vida.MARCELO CERQUEIRA (dezembro de 2009)

 

 

 


Voltar

  __________________________________________________________________________________________________________
  Grupo Gay da Bahia - GGB
Rua Frei Vicente, 24 - Pelourinho - Caixa Postal 2552
CEP 40.022-260. Salvador / Bahia / Brasil 
Tel.: (71) 321-1848 / 322-2552 / 322-2176
Fax: 322-3782
 
__________________________________________________________________________________________________________

         © 2003, Todos os direitos reservados, Grupo Gay da Bahia