O GGB    ::    SEJA MAIS UM FILIADO    ::    FAÇA SUA DOAÇÃO    ::    ggb@ggb.org.br
 
Home
Saúde
Movimento GLBT
Grupos GLT
Editorial
Legislação
Direitos Humanos
Orientações
Caderno Cultural
Educação
Agenda 2004
Notícias
Artigos-Opinião
Acontece
Nossas publicações
Turismo
Sociedade
Destaques
Marcelo Cerqueira
Sites
Projetos
Roteiros e serviços

  

NOTÌCIAS

Libelo à homossexualidade
George Michael lança disco inédito após cinco anos e homenageia o namorado brasileiro

Talvez o mais versátil cantor da cena pop na atualidade, cujos shows são comparáveis apenas aos de Madonna, o inglês descendente de gregos George Michael está de volta após cinco anos sem um disco de canções inéditas. Seu novo CD, Patience, o quinto trabalho de sua carreira solo (ele vem do Whan, banda dos anos 80) é também uma espécie de afirmação pessoal. Dentre as 14 músicas, uma em especial, Please Send Me Someone (Anselmo´s Song), abre o jogo sobre seu relacionamento com o modelo brasileiro Anselmo Feleppa, morto em conseqüência da Aids, em 1993. É a primeira vez que Michael fala abertamente sobre sua homossexualidade.

Ele se estende sobre o assunto ainda em My Mother Had a Brother, Through e American Angle, mas o faz misturando seus problemas existenciais com dor-de-cotovelo e protesto político. Puxado pela ótima Amazing, lançada como single no ano passado e rapidamente guindada aos primeiros lugares das paradas européia e norte-americana, Patience perde na comparação com dois de seus melhores trabalhos (Older, de 1996, e Listen Without Prejudice, de 1992).

Abrindo espaço para a sua opção sexual, George Michael faz de Flawless (Go To The City) o tom alto-astral deste repertório. Ao completar 40 anos de idade, o cantor, que já foi detido por atentado ao pudor em um banheiro público de Los Angeles (EUA), fazendo sexo oral, em 1998, manda um recado direto ao público gay: "Já era hora de gravar uma canção para os meninos. Acho que muita gente vai dançar ao som desta canção. Os clubes gays vão gostar".

>Com mais de 80 milhões de discos vendidos numa carreira marcada pela excentricidade e pela polêmica, George Michael não poderia obter outro resultado nesse CD. Patience tornou-se um dos campeões de pré-venda em lojas on-line conceituadas, como a Amazon.com e a CDnow.com.

O lado excêntrico de Patience está na faixa John and Elvis are Dead, escrita ao piano de calda branco que pertencia a John Lennon. George Michael pagou cerca de US$ 2 milhões pelo instrumento, fez a música e o doou em seguida. Seus fãs devem ficar atentos. Na semana passada, ele declarou que não quer mais vender CDs. Michael disse que não precisa ganhar mais dinheiro e não quer mais fama: "Patience é o último álbum". (Por Rodrigo Leitão, Jornal de Brasília).

 

 


Voltar

  __________________________________________________________________________________________________________
  Grupo Gay da Bahia - GGB
Rua Frei Vicente, 24 - Pelourinho - Caixa Postal 2552
CEP 40.022-260. Salvador / Bahia / Brasil 
Tel.: (71) 321-1848 / 322-2552 / 322-2176
Fax: 322-3782
 
__________________________________________________________________________________________________________

         © 2003, Todos os direitos reservados, Grupo Gay da Bahia