O GGB    ::    SEJA MAIS UM FILIADO    ::    FAÇA SUA DOAÇÃO    ::    ggb@ggb.org.br
 

Home
Saúde
Movimento GLBT
Grupos GLT
Editorial
Legislação
Direitos Humanos
Orientações
Caderno Cultural
Educação
Agenda 2004
Notícias
Artigos-Opinião
Acontece
Nossas publicações
Turismo
Sociedade
Destaques
Marcelo Cerqueira
Sites
Projetos
Roteiros e serviços

 

  

Declaração de União Estável não mudou rotina dos tabelionatos
Para obter o documento basta o casal apresentar RG,CPF e pagar taxa

Salvador, BA, 1 terça-feira 1 de novembro de 2011  por Marcelo Cerqueira

A decisão recente do Supremo Tribunal Federal (STF) que reconhece as uniões homo afetivas como núcleo familiar, ao que parece não alterou a rotina dos Tabelionatos de Notas e Ofícios na Bahia. Isso é o que garante a escrevente Marilene Caramelo do 12ª Tabelionato que já vem desde que à decisão foi autorizada emitindo a Certidão de União Estável para casais do mesmo sexo em Salvador.

“Faço como com o mesmo cuidado que dou aos demais documentos, vejo como algo normal”, disse à escrivã que trabalha a mais de dez anos na atividade. “A certidão pode sair na mesma hora ou pode-se marcar para pegar depois”, conclui alertando para a demanda do Tabelionato que pode ser grande.

Localizado na Avenida Tancredo Neves o 12ª Tabelionato funciona em dias úteis com horário ininterrupto das 8 ás 18h  no atendimento ao público. Os interessados em fazer o registro de sua união devem só precisam comparecer junto ao órgão levando consigo carteira de identidade e CPF. A certidão só é lavrada após ao pagamento na rede credenciada da taxa pública no o valor de $ 42,80. Este é um procedimento padrão dos Cartórios em todo o Estado da Bahia. Como manda a tradição a pessoa interessada deve ser livre e desimpedida de outros relacionamentos anteriores.

Na tarde de ontem, segunda-feira, por volta das 14h um casal de mulheres que preferiram não serem identificadas buscavam informações no 12ª Tabelionato para obter a certidão. O clima no Cartório não estava muito favorável devido às denúncias envolvimento a titular do órgão e lobistas do ramo. Elas resolveram procurar outro Cartório e se dirigiram as pressas ao SAC do Shopping Paralela e acabaram por receber a tão sonhada declaração. Uma das mulheres informa que percebeu um pouco de resistência por parte do escrevente que atendeu as duas. “Ele implicou com a minha companheira que é estrangeira, mas finalmente resolveu tudo e emitiu o documento”, conclui uma das mulheres.

Elas já organizaram uma feijoada para o próximo sábado na casa do casal em condomínio de casas em Lauro de Freitas, região metropolitana de Salvador para comemorar com os amigos a conquista do documento. O casal declarou que já vivem juntas a mais de dez anos.

O GGB tem recebido diversos pedidos de informação sobre esse procedimento. Ainda existem muitas dúvidas por parte dos interessados sobre os procedimentos para obter o documento que reconhece a unidade familiar.

Confira também

Casal gay celebra união no Paraná, confira a certidão!

 

 


Voltar

  __________________________________________________________________________________________________________
  Grupo Gay da Bahia - GGB
Rua Frei Vicente, 24 - Pelourinho - Caixa Postal 2552
CEP 40.022-260. Salvador / Bahia / Brasil 
Tel.: (71) 321-1848 / 322-2552 / 322-2176
Fax: 322-3782
 
__________________________________________________________________________________________________________

         © 2003, Todos os direitos reservados, Grupo Gay da Bahia