O GGB    ::    SEJA MAIS UM FILIADO    ::    FAÇA SUA DOAÇÃO    ::    ggb@ggb.org.br
 

Home
Saúde
Movimento GLBT
Grupos GLT
Editorial
Legislação
Direitos Humanos
Orientações
Caderno Cultural
Educação
Agenda 2004
Notícias
Artigos-Opinião
Acontece
Nossas publicações
Turismo
Sociedade
Destaques
Marcelo Cerqueira
Sites
Projetos
Roteiros e serviços

 

  


OSCAR  GAY  2007

PAU DE SEBO COMEDIANTE CHICO ANYSIO, pai de sete filhos em cinco casamentos, por associar a homossexualidade à delinqüência: "Tenho orgulho de não ter nenhum filho drogado, vagabundo ou gay".

O Grupo Gay da Bahia dá o Oscar Gay ao Governador AÉCIO NEVES; à TIM OPERADORA DE CELULAR; à ZILDA ARNS, líder nacional da pastoral da criança, numa lista de 24 personalidades e instituições, pela simpatia e apoio que manifestaram aos direitos humanos dos homossexuais. O Troféu Pau de Sebo, conferido aos inimigos dos homossexuais, foi para D. CLAUDIO HUMMES, ex-Arcebispo de São Paulo, pelo expurgo de seminaristas e postulantes homossexuais; a VANDERLEI LUXEMBURGO,  Treinador do Santos, por se referir caluniosamente a um juiz de futebol como “viado” e ao COMEDIANTE CHICO ANYSIO, pela declaração "Tenho orgulho de não ter nenhum filho drogado, vagabundo ou gay". O objetivo do Oscar Gay, em sua 17ª edição anual, é estimular os simpatizantes a defenderem com coragem a cidadania plena dos homossexuais e erradicar a intolerância homofóbica.

 Logo após o Oscar de Hollywood, como acontece todos os anos, desde 1991, o Grupo Gay da Bahia (GGB), entidade de utilidade pública municipal de Salvador, divulga pelo 17º ano consecutivo, o OSCAR GAY, premiando  com o Troféu Triângulo Rosa as personalidades e instituições que deram  maior  apoio aos direitos humanos dos homossexuais,  outorgando o Troféu Pau de Sebo, aos inimigos dos gays,  lésbicas e transgêneros. O Troféu Triângulo Rosa relembra o distintivo utilizado pelos nazistas nos campos de concentração para identificar os prisioneiros homossexuais  mais de 300 mil gays foram presos por Hitler. Hoje o Triângulo Rosa tornou-se o símbolo internacional do orgulho gay.

Quanto ao Troféu Pau de Sebo, explica o antropólogo Luiz Mott, fundador do Grupo Gay da Bahia: "Aproveitamos uma tradição irreverente  do folclore brasileiro para mostrar o ridículo dos inimigos dos gays, lésbicas e transgêneros: por mais que queiram destruir o movimento de libertação homossexual, nunca chegam a seu objetivo, caindo  e se lambuzando no pau de sebo da ignorância. Mesmo que esperneiem, aumenta a   cada ano  os gays assumidos e o apoio dos simpatizantes, além das garantias legais a favor de nossa  cidadania."

No Oscar Gay 2007, destacaram-se como principais amigos dos homossexuais alguns órgãos governamentais, como o MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO AGRÁRIO (MDA), por reconhecer as uniões estáveis entre seus funcionários do mesmo sexo;  MINISTÉRIO DA JUSTIÇA, por liberar o beijo de adolescentes gays no programa Beija Sapo da MTV em qualquer horário; o INCRA, INSTITUTO NACIONAL DE COLONIZAÇÃO E REFORMA AGRÁRIA por conceder a um casal de lésbicas a titulação de uma gleba rural  no interior de S.Paulo. Entre as personalidades mais simpatizantes da comunidade GLTB, o Governador de Minas Gerais, AÉCIO NEVES, agraciado  pela implantação do Centro de Referência Homossexual de Belo Horizonte, por declarar "não me oponho à união civil entre homossexuais” e “por ser um gato!”, consenso na comunidade gay...  ZILDA ARNS, líder nacional da Pastoral da Criança, recebeu o Triângulo Rosa por declarar seu apoio ao projeto de Lei 5003/2001 que criminaliza a homofobia. A filha da dançarina Gretchen,  THAMMY MIRANDA, foi homenageada por ter-se assumido publicamente lésbica.

Entre as Entidades que receberam o Troféu Triângulo Rosa, a UNE, a Associação Brasileira de Antropologia, o Conselho Federal de Serviço Social e a Escola de Samba Filhos da Candinha de Porto Alegre. (confira lista completa abaixo)
Entre os doze inimigos merecedores do Troféu Pau de Sebo, dois religiosos: o ex-arcebispo de S.Paulo, D. CLAUDIO HUMMES,  pelo expurgo de seminaristas e postulantes homossexuais e o  PASTOR RILTON ACIOLI,  da Igreja Ministério A Voz de Deus de Recife, por suas pregações contra os homossexuais. O polêmico treinador do Santos, VANDERLEI LUXEMBURGO, foi considerado inimigo da comunidade GLTB “por se referir caluniosamente a um juiz de futebol como viado”. Também CHICO ANYSIO, pai de sete filhos em cinco casamentos, recebeu o Pau de Sebo por associar a homossexualidade à delinqüência: "Tenho orgulho de não ter nenhum filho drogado, vagabundo ou gay". Receberam ainda a condenação dos gays devido a homofobia: o PLANO DE SEGURO DE VIDA DO BANCO ITAÚ, o PROGRAMA "CALDEIRÃO DO HUCK", o RESTAURANTE HABIB´S DA RUA AUGUSTA, SP, por ter reprimido o beijo de um casal de gays, a POLÍCIA CIVIL DE CAMPINAS, SP, por discriminar uma policial transexual.
Segundo o Presidente do GGB, Marcelo Cerqueira, “neste ano, nossa lista inicial de simpatizantes ultrapassou quarenta nomes, incluindo diversos juízes de norte a sul do país, que deram parecer favorável ao reconhecimento de múltiplos direitos dos homossexuais, como adoção de crianças, de receber pensão do companheiro falecido,  mudança de nome de transexuais. O Judiciário é o poder mais simpatizante da comunidade gltb, mais que o Executivo e o Legislativo.”
Os premiados recebem pelo correio o diploma com o título merecido.

RELAÇÃO COMPLETA DOS PREMIADOS NO  Oscar Gay 2007
TROFÉU TRIÂNGULO ROSA PARA OS AMIGOS DOS GAYS

1.      MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO AGRÁRIO (MDA), por reconhecer as uniões estáveis entre seus funcionários do mesmo sexo

2.      AÉCIO NEVES, GOVERNADOR DE MINAS GERAIS, pela implantação do Centro de Referência Homossexual de Belo Horizonte, por declarar "não me oponho à união civil entre homossexuais” e por ser um gato!

3.      TIM OPERADORA DE CELULAR,  pela inclusão dos homossexuais em sua publicidade "Amar sem fronteiras, viver sem fronteiras."

4.      ZILDA ARNS, LÍDER NACIONAL DA PASTORAL DA CRIANÇA, por declarar seu apoio ao projeto de Lei 5003/2001  que criminaliza a homofobia

5.      PROCURADOR DA REPÚBLICA EM SÃO PAULO, SERGIO SUIAMA, por  assegurar junto ao Colégio Notarial, o registro de documento declaratório de convivência homoafetiva e união estável de pessoas do mesmo sexo

6.      MINISTÉRIO DA JUSTIÇA, por liberar o beijo de adolescentes gays no programa Beija Sapo da MTV em qualquer horário

7.      INCRA, INSTITUTO NACIONAL DE COLONIZAÇÃO E REFORMA AGRÁRIA por conceder a um casal de lésbicas a titulação de uma gleba rural  no assentamento Zumbi dos Palmares em Iaras, SP

8.      CONSELHO FEDERAL DE SERVIÇO SOCIAL pela inclusão em seu regimento a proibição de qualquer conduta discriminatória por orientação sexual e  lançamento da Campanha Nacional pela Liberdade de Orientação e Expressão Sexual

9.      ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE ANTROPOLOGIA pela moção de repúdio à cúpula da Igreja Católica pelo desrespeito aos direitos sexuais e a conjugalidade homossexual

10.     ESCOLA DE SAMBA FILHOS DA CANDINHA, de Porto Alegre, RS, por contar  no  enredo do samba, a história da homossexualidade, defender  a diversidade sexual e representar a Parada do Orgulho GLBT

11.     THAMMY MIRANDA, FILHA DA DANÇARINA GRETCHEN, por ter-se assumido publicamente lésbica

12.     UNE, União Nacional de Estudantes, que em seu congresso em Campinas incluiu debate sobre orientação sexual e aprovou resolução permitindo a travestis e transexuais adotar prenome feminino na carteira de estudante.

TROFÉU PAU DE SEBO PARA OS INIMIGOS DOS GAYS

1.      D. CLAUDIO HUMMES, EX-ARCEBISPO DE SÃO PAULO, pelo expurgo de seminaristas e postulantes homossexuais

2.      VANDERLEI LUXEMBURGO, TREINADOR DO SANTOS, por se referir caluniosamente a um juiz de futebol como “viado”

3.      COMEDIANTE CHICO ANYSIO, pai de sete filhos em cinco casamentos, por associar a homossexualidade à delinqüência: "Tenho orgulho de não ter nenhum filho drogado, vagabundo ou gay".

4.      JORNALISTA FAUSTO WOLFF, do Jornal do Brasil, por sugerir, preconceituosamente, que os homossexuais desenhistas de moda seriam "culpados" pela anorexia nervosa das modelos de moda feminina.

5.      PLANO DE SEGURO DE VIDA DO BANCO ITAÚ, por não aceitar companheiro homossexual como beneficiário.

6.      PROGRAMA "CALDEIRÃO DO HUCK", da TV Globo, pela veiculação do quadro "Capitão Mormaço" com referências estereotipadas e preconceituosas contra os homossexuais

7.      RESTAURANTE HABIB´S DA RUA AUGUSTA, SP, por ter reprimido o beijo de um casal de gays

8.      PASTOR RILTON ACIOLI DA IGREJA MINISTÉRIO A VOZ DE DEUS DE RECIFE, por suas pregações contra os homossexuais, denunciado ao Ministério Público de Pernambuco em audiência pública

9.      POLÍCIA CIVIL DE CAMPINAS, SP, pela discriminação contra a investigadora Renata Pereira de Azevedo, afastada de seus quadros depois que se assumiu transexual e passou a se vestir como mulher

10.     FORRÓ QUEM TA PARADO É VIADO, letra da dupla Caju & Castanha, por mensagens discriminatórias contra os homossexuais.

11.     BLOCO VIRGENS DE VERDADE DO BAIRRO NOVO, OLINDA, PE,   por proibir a participação de  homossexuais e agredirem alguns gays participantes

12.     COMUNIDADES HOMOFÓBICAS DA ORKUT, pelo ódio anti-homossexual, entre elas: Homossexualismo é abominação, Viva as leis anti-gays do Irã, Eu odeio gays e viados.

Fones de contato - 71 3322 2552 - 3321 1848

 

 


Voltar

  __________________________________________________________________________________________________________
  Grupo Gay da Bahia - GGB
Rua Frei Vicente, 24 - Pelourinho - Caixa Postal 2552
CEP 40.022-260. Salvador / Bahia / Brasil 
Tel.: (71) 321-1848 / 322-2552 / 322-2176
Fax: 322-3782
 
__________________________________________________________________________________________________________

         © 2003, Todos os direitos reservados, Grupo Gay da Bahia