O GGB    ::    SEJA MAIS UM FILIADO    ::    FAÇA SUA DOAÇÃO    ::    ggb@ggb.org.br
 
Home
Saúde
Movimento GLBT
Grupos GLT
Editorial
Legislação
Direitos Humanos
Orientações
Caderno Cultural
Educação
Agenda 2004
Notícias
Artigos-Opinião
Acontece
Nossas publicações
Turismo
Sociedade
Destaques
Marcelo Cerqueira
Sites
Projetos
Roteiros e serviços

  

3ª Parada do Orgulho Gay
Dia 6 de junho (domingo), a partir das 14h, no Campo Grande.

Muito mais que uma festa

Muito mais do que um evento festivo, as Paradas do Orgulho de Gays, Lésbicas e Transgêneros são um símbolo de luta pelos direitos individuais. O movimento começou em Stonewall, EUA, em 1978, ano em que os homossexuais se revoltaram contra a opressão e preconceito que sofriam em virtude de sua orientação sexual. De lá pra cá, ganharam corpo e se espalharam pelo mundo, como uma estratégia política contra o preconceito e a violência.

Na Bahia, o Grupo Gay da Bahia começou a organizar "mareatas" em 1985. A bordo de pequenas embarcações, os militantes reuniam-se em volta do Forte de São Marcelo, construído pelo ex-governador da Bahia Diogo Botelho, denunciado como homossexual à Inquisição por um de seus amantes. Músicas, atabaques e flores completavam o evento, que lançaram as sementes das Paradas do Orgulho de Gays, Lésbicas e Transgêneros no estado. A primeira Parada só veio acontecer no ano de 2001.

Atualmente, a Bahia abre o circuito nacional de Paradas do Orgulho Gay no Brasil. São mais de trinta em todo o país, concentradas principalmente nas grandes capitais. O evento tem o apoio de órgãos governamentais, como Ministério da Saúde, Ministério da Cultura e Bahiatursa e tem também o objetivo de promover a saúde, com distribuição de preservativos e de folhetos educativos sobre prevenção a Aids.

Uma característica particular da Parada do Orgulho de Gays, Lésbicas e Transgêneros na Bahia é a associação entre as questões de gênero e etnia. A participação de baianas e do bloco Cortejo Afro, além da presença da reitora da Universidade do estado da Bahia, Ivete Sacramento, como madrinha política, são formas de ressaltar ainda mais a questão.

 


Voltar

  __________________________________________________________________________________________________________
  Grupo Gay da Bahia - GGB
Rua Frei Vicente, 24 - Pelourinho - Caixa Postal 2552
CEP 40.022-260. Salvador / Bahia / Brasil 
Tel.: (71) 321-1848 / 322-2552 / 322-2176
Fax: 322-3782
 
__________________________________________________________________________________________________________

         © 2003, Todos os direitos reservados, Grupo Gay da Bahia