O GGB    ::    SEJA MAIS UM FILIADO    ::    FAÇA SUA DOAÇÃO    ::    ggb@ggb.org.br
 

Home
Saúde
Movimento GLBT
Grupos GLT
Editorial
Legislação
Direitos Humanos
Orientações
Caderno Cultural
Educação
Agenda 2004
Notícias
Artigos-Opinião
Acontece
Nossas publicações
Turismo
Sociedade
Destaques
Marcelo Cerqueira
Sites
Projetos
Roteiros e serviços

 

  

 

Comando da Polícia Militar discute formas de garantir segurança na V Parada do Orgulho Gay da Bahia

Gays querem segurança para evitar pequenos furtos durante a V Parada gay da Bahia. Ano passado diversas ocorrências foram registradas envolvendo furtos de celulares e maquinas fotográfica.

Integrantes do Grupo Gay da Bahia (GGB) estarão amanhã terça-feira 8/8 as 16horas no Quartel dos Aflitos com o Comandante de Operações Especiais da Policia Militar da Bahia, coronel Josué Alves Brandão.

O Motivo da reunião que acontece no gabinete do Comando Geral da Policia Militar é para iniciar uma rodada de conversas sobre como a Policia Militar poderá oferecer mais segurança por ocasião da V Parada Gay da Bahia que acontece no dia 3 de setembro no Centro de Salvador.

Conforme dados da entidade no ano passado cerca de 500 mil pessoas compareceram ao centro de Salvador para participar do evento. Na Opinião de Marcelo Cerqueira, “este ano temos uma previsão de mais de 700 mil pessoas, precisamos de garantir mais segurança”, disse. Inclusive esta ação deverá ser estendida a Policia Civil que ira trabalhar a paisana para coibir maus elementos que se aproveitam da festa para praticar delitos.

As duas Policias já sinalizaram decisivamente a participação com um grande efetivo durante o evento que tanto o Delegado Chefe, quando o Comando da Policia Militar já assinaram as peças de divulgação da V Parada Gay com as suas armas.

A Entidade estimula aos participantes que compareça na avenida portando o mínimo de objetos de valor “As pessoas tem uma tática toda especial para ir brincar carnaval, que use agora também”, diz. Cerqueira que afirma existir muita similaridade do evento gay com o carnaval da Bahia, “A Parada não é uma micareta, mas tem a lógica do carnaval subvertida”, declarou. Maiores informações sobre segurança podem ser acessadas na página do GGB.

A V Parada Gay da Bahia tem como madrinha festiva a cantora Preta Gil que interpreta um travesti que seqüestra a cantora Rita Lee em São Paulo. Preta Gil chegara em salvador no dia 2 de setembro e deverá se hospedar na residência da Família no Rio Vermelho. Salvador, Bahia, 7 de agosto de 2006.

Maiores informações: 71 9989 4748 – 3322 2552 - GGB

 


Voltar

  __________________________________________________________________________________________________________
  Grupo Gay da Bahia - GGB
Rua Frei Vicente, 24 - Pelourinho - Caixa Postal 2552
CEP 40.022-260. Salvador / Bahia / Brasil 
Tel.: (71) 321-1848 / 322-2552 / 322-2176
Fax: 322-3782
 
__________________________________________________________________________________________________________

         © 2003, Todos os direitos reservados, Grupo Gay da Bahia