O GGB    ::    SEJA MAIS UM FILIADO    ::    FAÇA SUA DOAÇÃO    ::    ggb@ggb.org.br
 

Home
Saúde
Movimento GLBT
Grupos GLT
Editorial
Legislação
Direitos Humanos
Orientações
Caderno Cultural
Educação
Agenda do GGB
Notícias
Artigos-Opinião
Acontece
Nossas publicações
Turismo
Sociedade
Municipios
Marcelo Cerqueira
Sites
Projetos
Roteiros e serviços

 

  

 

Campanha quem financia a baixaria é contra a cidadania

Recife, PE 23/05/07 – O Grupo Gay da Bahia (GGB) foi convidado a colaborar na reunião regional da campanha “Quem Financia a Baixaria é Contra a Cidadania”, na sede do Ministério Público Estadual de Recife. No encontro foram discutidos temas referentes à reestruturação e o fortalecimento da campanha na região Nordeste, bem como sobre a criação de um ranking regional dos programas que incitam a “baixaria” na TV. Além do GGB, estavam presentes no evento, organizações não-governamentais, movimentos sociais, estudantes e professores universitários.

Segundo o professor Edgard Rebouças da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), o termo “baixaria” endossa o nome da campanha por ser um vocábulo bem popular, no entanto, a campanha se fundamenta, sobretudo, no respeito e cumprimento dos direitos humanos, tal qual se apresentam na Declaração Universal dos Direitos Humanos e na Constituição brasileira.    

Foram apresentados alguns êxitos da campanha, como por exemplo: a pressão exercida sobre os anunciantes para não anunciarem seus produtos em programas que violassem os Direitos Humanos; 35 mil denúncias realizadas desde o início da campanha em 2002; mudanças nas grades de programação; o direito de resposta conquistado judicialmente sobre o programa do apresentador João Kléber na Rede TV, haja visto que o mesmo se valia de piadas homofóbicas e preconceituosas para conquistar seus pontos de audiência; a classificação indicativa nos programas de televisão, bem como a realização do Fórum Nacional de Tvs públicas.

No evento, também foram denunciados abusos contra a dignidade humana, contra a infância, contra homossexuais, negros e outras minorias. Vale lembrar que uma alta incidência dessas infrações ocorre durante o período do meio-dia, horário chamado de “janela”, que as grandes emissoras cedem para suas afiliadas transmitirem seus programas regionais.

Impôs-se a necessidade de que a campanha seja encampada nos estados do Nordeste em que ela ainda não está completamente organizada, como é o caso da Bahia. Bruno Carvalho, enviado especial do GGB ao Recife, PE).


 


Voltar

  __________________________________________________________________________________________________________
  Grupo Gay da Bahia - GGB
Rua Frei Vicente, 24 - Pelourinho - Caixa Postal 2552
CEP 40.022-260. Salvador / Bahia / Brasil 
Tel.: (71) 321-1848 / 322-2552 / 322-2176
Fax: 322-3782
 
__________________________________________________________________________________________________________

         © 2003, Todos os direitos reservados, Grupo Gay da Bahia