O GGB    ::    SEJA MAIS UM FILIADO    ::    FAÇA SUA DOAÇÃO    ::    ggb@ggb.org.br
 

Home
Saúde
Movimento GLBT
Grupos GLT
Editorial
Legislação
Direitos Humanos
Orientações
Caderno Cultural
Educação
Agenda 2004
Notícias
Artigos-Opinião
Acontece
Nossas publicações
Turismo
Sociedade
Destaques
Marcelo Cerqueira
Sites
Projetos
Roteiros e serviços

 

  

Já é Parada Gay cidade!

Parada acontece com muitas expectativas, veja como vai ser em cima do trio do maior evento gay da Bahia
Editoria local


A sambista baiana Mariene Castro foi agraciada como Madrinha na VI Parada Gay da Bahia em 2007.

 

SALVADOR, 11/9/8 – Acontece nesse próximo domingo em Salvador a VII Parada Gay da Bahia. O Evento que já é parte do calendário de festas populares da Bahia no mês setembro, abertura da primavera na cidade, esse ano tem uma inovação.

Por muita reclamação dos homens, que também tem demonstrado seu papel na luta pela erradicação do preconceito de gênero e orientação sexual, este ano o padrinho da Parada Gay da Bahia é o cantor e compositor Gerônimo, famosa na Bahia e no Brasil por suas canções e posturas políticas e de vida.

Ele foi escolhido para receber essa homenagem em reconhecimento ao seu trabalho artístico e cultural. “Gerônimo é um ser humano fenomenal, consegue agregar varias tribos ao seu redor”, reconhece o antropólogo Luiz Mott do Grupo Gay da Bahia (GGB). “Ele é cantor, ativista por igualdade, humanista isso faz que sua música consiga agregar diversos valores importantes”, conclui. Gerônimo também é relacionado com as lutas de defesa do Meio Ambiente da Ecologia é filiado e entusiasta do Partido Verde da Bahia.  

O cantor vai receber faixa de padrinho da VII Parada Gay em cima do trio elétrico, sue lugar natural, na abertura do evento na Praça do Campo Grande das mãos do fundador do GGB, antropólogo Luiz Mott. Ele deverá fazer capela de sua canção mais popular, marca da cidade de Salvador. Também na mesma cerimônia de abertura da Parada Gay a jornalista Rita Batista, também será homenageada com faixa em cima do trio pelo seu trabalho na no Rádio e Televisão. Duas outras personalidades irão receber faixas são as elas a Transexual Roberta Leroux, baiana radicada na Suíça qual desenvolve trabalho social e eventos culturais com artistas baianos na cidade.

A outra e ator transformista Dion. Ela vai receber o reconhecimento de militância nas Paradas da Bahia, conseguiu no ano passado ser madrinha e prestigiar mais da metade das Paradas do interior da Bahia. É um símbolo de ativismo nas Paradas reconhecido pelo Grupo Gay da Bahia.

Como vai acontecer na hora. A mestra de cerimônia Andreza Lamarck vai dar as boas vindas aos presentes e chamar Luiz Mott, fundador do GGB irá fazer discurso de abertura da Parada Gay representando a entidade e seus associados. Logo em seguida vai começa a posse dos agraciados. Roberta Lerroux, Dion, Rita Batista e finalmente o cantor Gerônimo que irá executar uma canção de sua autoria em capela. Gerônimo empossado padrinho, embaixador abre o cortejo em direção ao percurso tradicional percorrido todo ano pelo evento.

A Parada Gay da Bahia tem o apoio do Governo da Bahia, através da Secretaria da Fazenda, Secretaria e Fundo de Cultura e Bahiatursa. Prefeitura do Salvador com a logística da Emtursa, Secretaria de Serviços Públicos, Superintendência de Uso dd Solo/SUCOM, Secretaria Municipal da Saúde, Policia Civil e Militar.

 

 

 


Voltar

  __________________________________________________________________________________________________________
  Grupo Gay da Bahia - GGB
Rua Frei Vicente, 24 - Pelourinho - Caixa Postal 2552
CEP 40.022-260. Salvador / Bahia / Brasil 
Tel.: (71) 321-1848 / 322-2552 / 322-2176
Fax: 322-3782
 
__________________________________________________________________________________________________________

         © 2003, Todos os direitos reservados, Grupo Gay da Bahia