O GGB    ::    SEJA MAIS UM FILIADO    ::    FAÇA SUA DOAÇÃO    ::    ggb@ggb.org.br
 

Home
Saúde
Movimento GLBT
Grupos GLT
Editorial
Legislação
Direitos Humanos
Orientações
Caderno Cultural
Educação
Agenda 2004
Notícias
Artigos-Opinião
Acontece
Nossas publicações
Turismo
Sociedade
Destaques
Marcelo Cerqueira
Sites
Projetos
Roteiros e serviços

 

  

Parada Gay da Bahia 2014
GGB esvazia conteúdo sensual e privilegia uma semana de artes e humanidades

Salvador, Bahia, sábado, 27 de abril de 2013, 18h - Editoria do site

Reunião na sede da Saltur com a presença de representantes da Bahiatursa e Saltur.

Evoluir sem, contudo se distanciar do compromisso com a cidadania e os direitos civis LGBTs é o desafio enfrentado pelo Grupo Gay da Bahia (GGB) que realiza em Salvador a Parada Gay da Bahia, evento LGBT em sua 12ª que já caiu na graça da população que vão as ruas do Centro da cidade, cada um a sua maneira, mas com o mesmo objetivo comum que é celebrar a diversidade.

Conforme dados do GGB da última edição realizada em onze de setembro do ano passado cerca de 800 mil pessoas compareceram na 11ª Parada Gay da Bahia colorindo com as cores do arco íris os tons cinzentos da velha arquitetura de Salvador.

O GGB acredita que a evolução associando novos conteúdos e significados, ao exemplo de tornar-se um evento que possa gerar fluxo turístico é um destino natural das Paradas que acontecem nas principais cidades do Brasil. “Associar esse novo significado, potencializando o turismo LGBT é uma forma de sustentabilidade e de atrair patrocinadores de peso ao evento” acredita Marcelo Cerqueira, presidente do GGB que completou 33 anos de funcionamento considerada a mais antiga entidade do gênero. O novo significado considera que é preciso esvaziar o conteúdo sensual, substituindo por mais atividades culturais incluindo mostra de filmes, seminários, intervenções de artes plásticas, teatro, dança, shows e exposições passando a ser de forma concreta um produto cultural da cidade de Salvador.

A Secretaria de Turismo da Bahia desde o ano passado percebeu essa possibilidade e decidiu apoiar a iniciativa como política de turismo através da Bahiatursa. A Semana da Diversidade ganhou destaque no II Salão Baiano de Turismo, que aconteceu de 11 a 14 de abril no pavilhão de feiras do Centro de Convenções da Bahia ao lado dos demais segmentos turísticos. O diretor do Departamento de Serviços Turísticos da Bahiatursa, sociólogo Weslen Moreira, acredita não ser possível deixar de considerar o poder de consumo do segmento LGBT e em especial o gosto por viagens e nesse ponto, segundo ele a Bahia é um destino a ser considerado por sua herança cultural presente na música, raiz africana e arquitetura. “A Semana para nós é um negócio que acreditamos ser bom para aumentar o fluxo e o consumo na cidade, movimentando o comércio e a economia” declarou o diretor.

O secretário de Desenvolvimento, Turismo e Cultura de Salvador (Saltur), Guilherme Cortizo Bellintani também acredita nesse potencial e conforme o GGB diferente de anos anteriores a Prefeitura de Salvador já comprou a ideia de que o evento possa ser um produto rentável para a cidade. “ Vamos discutir a programação para poder oferecer a cidade eventos de qualidade e de preferência em espaços abertos ao público de forma gratuita”  declarou o secretário ao tempo que informou ser do interesse da (Saltur) na ocasião do evento realizar a Vila da Diversidade oferecendo gastronomia e atividades artísticas e culturais em local ainda a ser definido.

O GGB considera que a participação da prefeitura através dos seus órgãos é certeza do sucesso do evento. Em reunião com representantes da Bahiatursa e da Saltur na sede do órgão municipal no Doque do Tororo, promovida pelo GGB a prefeitura visando qualificar ainda mais o evento vai ordenar os ambulantes, liberar os espaços públicos e de acordo com Eliana Dumêt diretora de Promoção e Captação de Eventos o produto Semana da Diversidade vai ser apresentado à captação junto a grandes patrocinadores, ao exemplo de cervejarias e outros.

A Semana da Diversidade Cultural acontece em Salvador de 2 a 8 de setembro de 2013. A programação consta de variadas atividades culturais envolvendo seminários, música, teatro, dança, festas e shows de bandas musicais. A 12ª Parada Gay da Bahia torna-se uma atividade, a maior, de uma semana inteira de mobilização em artes e humanidades. A cantora Daniela Mercury foi convidada a ser madrinha do evento, mas conforme informações do GGB a artista que assumiu recentemente amar outra mulher, ainda não se posicionou sobre o convite.

 


Voltar

  __________________________________________________________________________________________________________
  Grupo Gay da Bahia - GGB
Rua Frei Vicente, 24 - Pelourinho - Caixa Postal 2552
CEP 40.022-260. Salvador / Bahia / Brasil 
Tel.: (71) 321-1848 / 322-2552 / 322-2176
Fax: 322-3782
 
__________________________________________________________________________________________________________

         © 2003, Todos os direitos reservados, Grupo Gay da Bahia