O GGB    ::    SEJA MAIS UM FILIADO    ::    FAÇA SUA DOAÇÃO    ::    ggb@ggb.org.br
 

Home
Saúde
Movimento GLBT
Grupos GLT
Editorial
Legislação
Direitos Humanos
Orientações
Caderno Cultural
Educação
Agenda 2004
Notícias
Artigos-Opinião
Acontece
Nossas publicações
Turismo
Sociedade
Destaques
Marcelo Cerqueira
Sites
Projetos
Roteiros e serviços

 

  

Entrevista

Programa da Metrópole discute pegação e Bareback
Editoria local


Apresentadora Rita Batista e Marcelo Cerqueira (GGB) entrevistado da noite.

 

SALVADOR, 16/01/09 - O programa Rita para Maiores transmitido pela Rádio Metrópole, ontém das 22Hs às 0:00Hs foi adrenalina pura. Marcelo Cerqueira, presidente do Grupo Gay da Bahia (GGB) foi o convidado da apresentadora e âncora do programa a jornalista Rita Batista.  O tema do programa foi Pegação e Bareback, dois temas quentes quais os ouvintes interagiram e opinaram a vontade com Batista e Cerqueira nos Estúdios da Rádio Metrópole no bairro de Pernambués.

Pegação que significa a paqueira em áreas abertas ou fechadas da cidade foi o primeiro tema a ser abordado. Vários ouvintes ligaram e opinaram a favor e contra. A apresentadora relatou um caso do constrangimento que é homens adentrem aos banheiros para fazer necessidades e outros ficarem olhando, passando a língua nos lábios, ou fazendo sinais que insinuam atos sexuais. “Somos contrários a essa prática, mas não podemos proibir isso. Orientamos que as pessoas sejam discretas e atentas aos sinais do outro”, diz Cerqueira.

“Banheiros tem suas finalidades que não são essencialmente essas, isso pode gerar um constrangimento a uma outra pessoa e acabar em algo mais violento”, alerta. Nesse momento entrou no ar um ouvinte que relatou ter sido cantado e isso foi constrangedor a ponto de começar a evitar entrar em banheiros públicos “Eu não tenho preconceito, mas acho que cada um deve respeitar o espaço do outro” disse o ouvinte por telefone a Rita Batista.

Sexo na rua deve ser punido de acordo com a lei. Porém a demonstração de carinho e afeto deve ser estimulada para que os homossexuais se sintam participes da sociedade. De acordo com Cerqueira o GGB defende como expressão da liberdade e do direito de ir e vir que espaços públicos ao céu aberto tais como Jardim de Ala, Cristo, Farol da Barra, Pedra do Sal, Farol de Itapuã, onde tradicionalmente existe a famosa pegação possa continuar existindo porque faz parte de um universo de determinados homossexuais.

“Trata-se de algo natural que existe porque foram os gays que criaram. Não podemos ficar omissos a isso, temos de ordenar essa situação” falou Cerqueira. Nesse momento ligou um ouvinte diretamente de uma área dessas de pegação parabenizando o programa reclamando que não estava acontecendo nada demais na área.. “Estou aqui no Jardim de Ala, um monte de carros parados e ninguém faz nada”, disse ouvinte. "Esses espaços existem em todas as grandes cidades, não devemos achar que quem frequenta é gente de baixa classificação, talvez pensar assim demonstra um raciocício conservador e reacionário" acredita Marcelo Cerqueira que defende este ambientes como territórios livres.

O que esperaria ser mais polemico, no entanto não foi. O tema Bareback abordado a partir de uma leitura feita pela apresentadora relatando o choque que era para ela tal situação. O Bareback é a pratica do sexo anal sem o uso do preservativo. Cerqueira se demonstrou contrário a esse movimento e falou que essa é uma decisão consciente de cada um porque todos sabem ao menos uma forma de se contrair o vírus HIV. “Todos sabem que o vírus se transmite pelo esperma, sangue e secreção vaginal e o preservativo é a barreira mais eficaz contra a infecção” disse.

Esse movimento não é novo. Com essa terminologia foi divulgado especialmente nos Estados Unidos e no Brasil ganha cada vez mais adeptos. O cinema pornográfico gay nos últimos anos tem promovido esse tipo de pratica numa forma de movimentar mais dinheiro que já movimenta com os filmes eróticos convencionais. Existem empresas especializadas nessas produções ao exemplo da americana Treasure Island Mídia que só filma cenas de sexo sem preservativo. “Trata-se certamente de uma escolha pessoal essa pratica”, disse apresentadora Rita Batista. Diretamete do Rio de Janeiro entrou a colunista Regina Navaro Lins, especialista em sexualidade e abordou o tema do sexo sem culpa.

 

 

 


Voltar

  __________________________________________________________________________________________________________
  Grupo Gay da Bahia - GGB
Rua Frei Vicente, 24 - Pelourinho - Caixa Postal 2552
CEP 40.022-260. Salvador / Bahia / Brasil 
Tel.: (71) 321-1848 / 322-2552 / 322-2176
Fax: 322-3782
 
__________________________________________________________________________________________________________

         © 2003, Todos os direitos reservados, Grupo Gay da Bahia