O GGB    ::    SEJA MAIS UM FILIADO    ::    FAÇA SUA DOAÇÃO    ::    ggb@ggb.org.br
 

Home
Saúde
Movimento GLBT
Grupos GLT
Editorial
Legislação
Direitos Humanos
Orientações
Caderno Cultural
Educação
Agenda do GGB
Notícias
Artigos-Opinião
Acontece
Nossas publicações
Turismo
Sociedade
Municipios
Marcelo Cerqueira
Sites
Projetos
Roteiros e serviços

 

  

 

Seminário do Projeto Somos discute ações de prevenção entre o público GLBT
04/04/06

Os rumos das intervenções de prevenção às doenças sexualmente transmissíveis (DST), ao HIV e à aids entre gays, lésbicas, transgêneros e bissexuais (GLTB) foi o principal ponto de discussão do primeiro dia do Seminário de Intervenção, Promoção e Educação em Saúde do Projeto Somos. É consenso entre os participantes do evento que as ações voltadas para esse público específico precisam ser reformuladas. “Estamos sendo repetitivos em algumas práticas. Precisamos ampliar e diversificar as ações, para que possamos melhorar a prevenção das DST e da aids nesse segmento”, comenta Toni Reis, coordenador do Projeto Somos e secretário-geral da Associação Brasileira de Gays, Lésbicas e Transgêneros (ABGLT).

O Seminário, que começou ontem, em Brasília, reúne cerca de 40 coordenadores e assistentes regionais do Projeto e 11 representantes de redes nacionais e internacionais que trabalham com aids. Também estão presentes membros da Comissão Nacional de DST e Aids (CNAIDS) e da Comissão de Gestão das Ações de DST e Aids (COGE), técnicos do Programa Nacional de DST e Aids do Ministério da Saúde e especialistas nos temas de promoção, vulnerabilidade e intervenção.

Nesta terça-feira (5/4), serão ouvidos os representantes dos segmentos que são alvo do projeto: gays, lésbicas, travestis, transexuais, transgêneros, bissexuais, profissionais do sexo, soropositivos e pessoas que trabalham com redução de danos entre usuários de drogas injetáveis. Na quarta-feira, a programação segue discutindo a integração do Projeto Somos com as diretrizes do Sistema Único de Saúde (SUS), nas três esferas de governo (federal, estadual e municipal).

Audiência pública – Também na quarta, às 14h30, uma comissão dos participantes do Seminário terá audiência pública no Congresso Nacional, com representantes da Frente Parlamentar pela Livre Expressão Sexual. O grupo pedirá que seja votado, em plenário, o projeto de lei 5.003/2001, da deputada federal Iara Bernardi (PT-SP). O projeto torna crime a homofobia e prevê punição para quem discriminar pessoas por conta da orientação sexual, assim como já acontece com o racismo.

No Seminário, deverão ser elaboradas diretrizes sobre como trabalhar a prevenção com gays, lésbicas, transgêneros e bissexuais (GLTB). De acordo com Toni Reis, a principal falha nas ações é a forma de abordagem, considerando fatores como faixa etária e nível socioeconômico. “Está claro que é preciso adotar estratégias diferentes, porque o público GLTB é bastante heterogêneo”.

Segundo Kátia Guimarães, assessora técnica da área de Prevenção do PN-DST/AIDS, a última avaliação do Projeto Somos, para o período de 2003 a 2005, mostrou que o esquema de intervenção multifatorial, com distribuição de materiais informativos e de preservativos em lugares de lazer específicos para o público GLTB, permanece basicamente o mesmo desde a primeira metade dos anos 90. “Por isso, nosso maior desafio é fazer com que as ações abranjam não somente as pessoas que vão a esses locais, mas toda essa população específica”, avalia.

Histórico – O Projeto Somos é desenvolvido pela ABGLT desde 1999, em parceria com o Programa Nacional de DST e Aids. O principal objetivo do Somos é promover a saúde e a prevenção das DST e do HIV/aids entre os gays e outros homens que fazem sexo com homens. Atualmente, o Projeto desenvolve ações em parceria com 310 organizações da sociedade civil que trabalham a prevenção das DST e da aids com o público GLTB. Essas organizações estão presentes em 302 municípios, de todos os estados do Brasil.


 


Voltar

  __________________________________________________________________________________________________________
  Grupo Gay da Bahia - GGB
Rua Frei Vicente, 24 - Pelourinho - Caixa Postal 2552
CEP 40.022-260. Salvador / Bahia / Brasil 
Tel.: (71) 321-1848 / 322-2552 / 322-2176
Fax: 322-3782
 
__________________________________________________________________________________________________________

         © 2003, Todos os direitos reservados, Grupo Gay da Bahia