O GGB    ::    SEJA MAIS UM FILIADO    ::    FAÇA SUA DOAÇÃO    ::    ggb@ggb.org.br
 

Home
Saúde
Movimento GLBT
Grupos GLT
Editorial
Legislação
Direitos Humanos
Orientações
Caderno Cultural
Educação
Agenda 2004
Notícias
Artigos-Opinião
Acontece
Nossas publicações
Turismo
Sociedade
Destaques
Marcelo Cerqueira
Sites
Projetos
Roteiros e serviços

 

  

Servidor municipal é assassinado

SIMÕES FILHO, BA- 23/06/07 - O funcionário municipal Raimundo José Martins Cerqueira, 34 anos, auxiliar administrativo da Secretaria de Educação de Simões Filho, foi encontrado morto, ontem pela manhã, numa estrada de barro do CIA I, bairro periférico do município.
Brutalmente espancado, ele apresentava várias lesões na cabeça e nas costas provocadas por um objeto contundente, segundo peritos do Departamento de Polícia Técnica que examinaram o cadáver. À frente do inquérito que apura o caso, o delegado Orlando Azevedo, titular da 22ª Delegacia, está à procura do rapaz com que a vítima foi vista pela última vez.

A princípio, a polícia investiga a hipótese de um latrocínio (roubo seguido de morte), já que a carteira de cédulas de Raimundo não foi encontrada durante a perícia. Segundo colegas, ele levava consigo o salário mensal, recebido horas antes do crime. Homossexual assumido, a vítima costumava sair com jovens recém-conhecidos, tornando-se vulnerável à ação de bandidos. Na quinta-feira à noite, “Mundinho”, como também era conhecido, saiu para beber com quatro colegas de trabalho. Como haviam recebido o salário e não trabalhariam ontem, ponto facultativo nas repartições do município, resolveram estender a farra até a madrugada.

No “Bar de Noel”, localizado no CIA I, segundo ponto de parada do grupo, Raimundo se interessou por um rapaz que estava numa mesa próxima e passou a flertar com ele. O jovem desconhecido correspondeu. Por volta das 2h, os dois decidiram deixar o local, tomando rumo ignorado, segundo Marileuza Silva de Oliveira, 20 anos, colega da vítima. Os amigos só voltariam a ter notícias de Raimundo, no início da manhã, quando a notícia de sua morte se espalhou pela cidade. O corpo foi encontrado por populares na estrada de barro de acesso ao bairro de Pitanguinha. De bruços e vestido apenas num short azul, ele estava ferido em várias partes do corpo, principalmente na cabeça e nas costas.

De acordo com o perito do DPT Marcos Mousinho, o assassino deve ter usado um pedaço de pau ou uma pedra, que não foram encontrados no local. Os documentos pessoais da vítima estavam num matagal a poucos metros do corpo. (Correio da Bahia, 23/06/07)

Grupo Gay local cobra apuração do assassinato

O presidente do Grupo Gay de Simões Filho e também servidor municipal da Secretaria de Saúde Nino Penteado teve acesso as informações sobre o crime na manhã do dia 22, ultima sexta-feira.  Uma ligação havia informado a ele que havia um corpo de um possível homossexual que teria sido assassinado a pedrada no CIA-1, logo após a um Posto de Combustível.  O militante seguiu para apurar a denuncia, ao chegar constatou que de fato era o corpo do  homossexual José Raimundo Martins Cerqueira e que trajava apenas uma cueca de cor azul. Populares informaram que próximo ao corpo estava sua carteira rasgada e com documentos espalhados em volta.

Conforme Penteado havia sinais evidentes de violência e que indicam que antes de ser assassinado a Martins havia lutado para não morrer.  “Havia sinais de violência na nuca, atrás da orelha e na face, a qual estava deformada e com perda de dentes esfacelados por conta do impacto de chutes que a vitima recebeu antes de morrer”, afirma.

 Penteado acredita que pela forma que o corpo foi encontrado não teria sido apenas uma pessoa que cometeu o crime, talvez, duas ou três pessoas. Outra hipótese é que sabendo que o homossexual havia recebido salário um dia antes, os assassinos teriam seduzido-o sexualmente e levando a vitima para um lugar escuro onde estaria os outros compassas.  O sepultamento acontece  hoje, sábado 23 as 16hs no cemitério São Miguel em Simões Filhos.

 

 

 


Voltar

  __________________________________________________________________________________________________________
  Grupo Gay da Bahia - GGB
Rua Frei Vicente, 24 - Pelourinho - Caixa Postal 2552
CEP 40.022-260. Salvador / Bahia / Brasil 
Tel.: (71) 321-1848 / 322-2552 / 322-2176
Fax: 322-3782
 
__________________________________________________________________________________________________________

         © 2003, Todos os direitos reservados, Grupo Gay da Bahia