O GGB    ::    SEJA MAIS UM FILIADO    ::    FAÇA SUA DOAÇÃO    ::    ggb@ggb.org.br
 

Home
Saúde
Movimento GLBT
Grupos GLT
Editorial
Legislação
Direitos Humanos
Orientações
Caderno Cultural
Educação
Agenda 2004
Notícias
Artigos-Opinião
Acontece
Nossas publicações
Turismo
Sociedade
Destaques
Marcelo Cerqueira
Sites
Projetos
Roteiros e serviços

 

  


São Sebastião do Passé movimenta-se pró Diversidade.
Por Marccelus Bragg com informações de Paulo Paixão

 

Equipe do projeto Somos em reunião de formação do Grupo Gay de São Sebastião do Passé, qual recebeu o nome de Adamor Guedes, militante amazonense presidente da AAGLT, assassiando de forma brutal em 2005 em Manaus


Coincidência ou não está nascendo na cidade de São Sebastião do Passé/Ba, a 58km de Salvador, a primeira entidade GLBT do Brasil que leva o nome do líder Gay manauara Adamor Guedes, barbaramente assassinado em 2005. É que já faz algum tempo, desde que o histórico militante homossexual, Wellington Andrade por motivos profissionais passou a residir naquela cidade, uma semente da militância homo alí foi plantada.

Para que possamos nos situar quanto ao surgimento da inédita agremiação ADAMOR - Associação do Amor entre iguais, antes é preciso lembrar que durante 25 anos Wellington Andrade esteve à frente da conhecida Ong Dialogay de Sergipe e foi na sua gestão que Aracajú viu nascer a “Rua 28 de junho” – data alusiva ao dia do Orgulho Gay a primeira ou talvez o único logradouro do Brasil com tal referência a data magna dos homossexuais, inaugurada em meados dos anos 80 com a presença do apresentador Leão Lobo e da atriz Elke Maravilha. Como também, coube ao trabalho do militante Wellington as primeiras iniciativas do controle e da cultura anti DSTs/AIDS naquele estado quando ainda a AIDS tinha o pejorativo rótulo de “Peste Gay”. Pois graças ao carisma e a coragem deste sergipano, Direitos Humanos e prevenção à AIDS, sempre foram pautas diárias na sua história de vida.

A cidade de São Sebastião do Passé tem todos os ingredientes para fazer acontecer uma festa da Diversidade – uma Parada GLBT super animada. È uma simpatica e acolhedora urbe de 40 mil habitantes onde se situa Maracangalha a cantada terra do melhor São João da Bahia , e tem como chefe do executivo municipal uma jóvem pedagoga Tânia Portugal, professora universitária e representante do PcdoB e que vem à ser irmã da combativa Deputada Federal Alice Portugal. Quando tomou posse como prefeita, diante do falecimento do titular, Tânia assim se pronunciou “Tenham a certeza de que, baseada nos princípios do meu partido, o PCdoB, buscarei exercer uma administração voltada para fazer muito mais”. Então não tenham dúvidas, o PcdoB tem como princípio a não segregação e o combate a toda forma de preconceito e de discriminação.

Só lembrando, ter uma Parada Gay não é coisa de outro mundo, mas bem da Bahia mesmo. No estado, outros municípios como Saubara, Ilhéus, Valença, Feira de Santana, Simões Filho, Nazaré das Farinhas, Itabuna, Camaçarí e a capital Salvador já tiveram as suas Paradas GLBTs e agora quem planeja ter a sua é São Sebastião do Passé. Cujo padroeiro São Sebastião de há muito já é infamado de ser patrono dos “gays”, mundialmente associado à questões GLBTs “o queridinho do imperador”, pela sua destemida coragem, a sua condição celibatária de Tribuno Romano e a sua estética viril, máscula e semi desnuda.

Então, juntando forças se reuniram numa churrascaria da cidade no último dia 24/04 para discutir temas relacionados a levar adiante a idéia da Parada GLBT e o registro e trâmites documentais da ong ADAMOR, os representantes de diversas outras entidades da cidade, os simpatizantes ao tema e alguns membros da nova entidade, o presidente Eduardo, do diretório do Partido Verde manifestou a sua solidariedade à iniciativa e o convidado especial foi o assistente do Centro de Capacitação Paulo Cézar Bonfim do SOMOS de Camaçari/Ba, o militante Paulo Paixão que faz as seguintes observações “ a reunião foi muito proveitosa, muita gente interessada e já fazendo planos práticos sobre a existência da primeira Parada GLBT sabastianense. Enquanto Projeto SOMOS pólo nordeste, fomos levar aos militantes de São Sebastião do Passé o nosso incentivo. Vamos estar juntos em etapas de capacitação e na ajuda documental e estatutária da recém criada ADAMOR. Ainda temos um longo caminho pela frente até o dia 06 de Agosto - Domingo, a data escolhida para acontecer o evento, mas vamos marchar juntos, promovendo reuniões e mantendo irmanados os outros Grupos GLBTs da Bahia para que possamos dar o suporte político, emocional, de experiência e de louvor à brava gente de São Sebastião do Passé, que verá um amanhã da Diversidade Sexual ao alcance da cidadania plena, a tão desejada por todos”. (25 de abril de 2006 )

 


Voltar

  __________________________________________________________________________________________________________
  Grupo Gay da Bahia - GGB
Rua Frei Vicente, 24 - Pelourinho - Caixa Postal 2552
CEP 40.022-260. Salvador / Bahia / Brasil 
Tel.: (71) 321-1848 / 322-2552 / 322-2176
Fax: 322-3782
 
__________________________________________________________________________________________________________

         © 2003, Todos os direitos reservados, Grupo Gay da Bahia