O GGB    ::    SEJA MAIS UM FILIADO    ::    FAÇA SUA DOAÇÃO    ::    ggb@ggb.org.br
 

Home
Saúde
Movimento GLBT
Grupos GLT
Editorial
Legislação
Direitos Humanos
Orientações
Caderno Cultural
Educação
Agenda 2004
Notícias
Artigos-Opinião
Acontece
Nossas publicações
Turismo
Sociedade
Destaques
Marcelo Cerqueira
Sites
Projetos
Roteiros e serviços

 

  

Stonewall 40 + o que no Brasil?

Salvdor, Bahia, 3 de setembro 2010 19hs - Da Assessoria do evento

Palestras, performances e shows marcam a programação de evento nacional sobre pesquisa, ativismo e políticas LGBT

Festa de encerramento com a cantora tras Claudia Wonder (foto).

Entre 15 e 17 de setembro, Salvador será palco de discussões e atividades culturais sobre ativismo e pesquisa LGBT. O evento Stonewall 40 + o que no Brasil? discutirá o movimento LGBT, os estudos acadêmicos sobre a temática e as políticas públicas e identitárias desenvolvidas no Brasil após o marco histórico que deu origem ao Dia Mundial do Orgulho LGBT, em 28 de junho de 1969. Na ocasião, a comunidade homossexual que frequentava o bar nova-iorquino The Stonewall Inn se rebelou, pela primeira vez, contra a agressão gratuita e constante dos policiais. O evento, que acontece na Saladearte Cinema do Museu, é promovido pelo grupo de pesquisa Cultura e Sexualidade (CUS/CULT/UFBA) e pela Multi Planejamento Cultural. A programação completa está disponível no site www.cult.ufba.br/cus e as inscrições podem ser feitas até 13.09 pelo email extensaoihac@gmail.com.

Stonewall 40 + o que no Brasil? reunirá em Salvador pesquisadores e ativistas de diversos estados do país, reconhecidos por sua trajetória de estudos e de militância relacionadas à temática LGBT, a exemplo de Regina Facchini (Unicamp), Júlio Assis Simões (USP), Luiz Mott (GGB), Richard Miskolci (UFSCar), Fernando Seffner (UFRGS), Wilton Garcia (UBC), Berenice Bento (UFRN), Edward MacRae (UFBA) e Deco Ribeiro (Escola Jovem LGBT/Campinas). Ao longo dos três dias do evento, eles discutirão temas como os estudos e movimentos LGBT no Brasil pós-Stonewall, marcadores sociais da diferença (raça, gênero, classe, idade), direitos sobre o corpo e a saúde e desafios políticos atuais.

Para Leandro Colling, professor da UFBA e coordenador do evento, os baianos terão uma boa oportunidade de conhecer o trabalho de alguns dos principais pesquisadores da área em diálogo crítico com os movimentos sociais. "A idéia é fazer uma avaliação da produção acadêmica e das políticas no Brasil, sem cair na armadilha de separar as duas coisas. Todo trabalho acadêmico é político e toda política carrega, de forma consciente ou não, alguma matriz teórica e conceitual", defende Colling.

O evento conta ainda com programação paralela que inclui, na quarta (15.09), a partir das 21h30, um bate-papo com a pesquisadora do Núcleo de Estudos de Gênero Pagu (Unicamp), Larissa Pelúcio, e performances de transformistas no bar Âncora do Marujo; na quinta (16.09), às 21h30, apresentação de Ginna de Mascar e Valerie O’rarah na Creperia La Bouche (Beco da Off); e na sexta (17.09), a partir de 20h30, show de encerramento no Bahia Café Aflitos com a diva trans Claudia Wonder, Cortejo Afro, Samba das Moças, transformistas (Bagageryer Spielberg, Dion e Valerie O´rarah), drags (Sfat Auermann e Jubelíssima) e DJ Chiquinho. Stonewall 40 + o que no Brasil? é patrocinado pelo Fundo de Cultura da Bahia, através do Edital Cultura LGBT da Fundação Pedro Calmon (Secult).

The Stonewall Inn – Na segunda metade da década de 60, o bar nova-iorquino The Stonewall Inn era freqüentado por gays, lésbicas e travestis. Assim como outros clubes gays da época, o local era foco de batidas policiais sob qualquer pretexto. Mas, na noite de 28 de junho de 1969, pela primeira vez, as pessoas presentes no bar se rebelaram contra a repressão do Estado. Foram quatro dias de conflito com a polícia que resultaram não somente em manifestantes agredidos e presos, mas na criação de um marco para a luta por direitos LGBT em todo o mundo.

Grupo de pesquisa Cultura e Sexualidade (CUS) - Ligado ao Centro de Estudos Multidisciplinares em Cultura (CULT/UFBA) e coordenado pelo Prof. Dr. Leandro Colling, o grupo de pesquisa Cultura e Sexualidade (CUS) iniciou suas atividades em março de 2008. A partir de obras fundamentais do feminismo, da Teoria Queer e dos Estudos Gays e Lésbicos, o grupo estuda questões de gênero, identidade e sexualidade.

Confira a programação completa:

Debates - Programação

Saladearte Cinema do Museu (Av. Sete de Setembro, 2195, Museu Geológico da Bahia)

15.09

15h Mesa de abertura
 
16h Os estudos e movimentos LGBT no Brasil pós-Stonewall
 
Prof. Dr. Edward MacRae (UFBA)
Profª. Dra. Regina Facchini (Unicamp)
Keila Simpson (ABGLT)

Coordenador: Prof. Dr. Djalma Thurler (professor do IHAC e Pós-Cultura/UFBA)
Debatedor: Dr. Luiz Mott ( fundador do GGB)

18h Coquetel

19h Os estudos, políticas e direitos sobre o corpo e a saúde LGBT no Brasil pós-Stonewall

Prof. Dr. Wilton Garcia (UBC)
Profª. Dra. Berenice Bento (UFRN)
Prof. Dr. Fernando Seffner (UFRGS)

Coordenadora: Profª Dra. Milena Brito (professora do Instituto de Letras/UFBA)
Debatedora: Tess Chamusca Pirajá (mestranda do Pós-Cultura/UFBA e integrante do grupo de pesquisa CUS)

16.09

18h Estudos, políticas e os marcadores sociais da diferença na comunidade LGBT no Brasil pós-Stonewall

Prof. Dr. Júlio Simões (USP)
Prof. Dr. Osmundo Pinho (UFRB)
Profª. Dra. Larissa Pelúcio (Unesp)

Coordenador: Gilmaro Nogueira (mestrando do Pós-Cultura/UFBA e integrante do grupo de pesquisa CUS)
Debatedor: Nilton Luz (integrante do Fórum Baiano LGBT)
 
17.09

18h Novas perspectivas e desafios políticos atuais

Prof. Dr. Richard Miskolci (UFSCar)
Profª Dra. Suely Messeder (UNEB)
Deco Ribeiro (Escola Jovem LGBT)
 
Coordenadora: Patrícia Conceição (mestranda do Pós-Cultura/UFBA e integrante do grupo de pesquisa CUS)
Debatedor: Prof. Dr. Leandro Colling (coordenador do grupo de pesquisa CUS e professor do IHAC e Pós-Cultura/UFBA)

Eventos paralelos

15.09

Saladearte - Cinema do Museu
18h Lançamento de Livros

Bar Âncora do Marujo (Avenida Carlos Gomes, 804, Centro)
21h30 Bate papo com Larissa Pelúcio e performances de transformistas

16.09

La Bouche Creperia (Rua Dias D´Ávila, 25A, Barra)
21h30 Show de Ginna de Mascar e Valerie O’rarah

17.09

Bahia Café Aflitos (Largo dos Aflitos, s/nº - Mirante dos Aflitos)
20h30 Festa de encerramento do evento com a diva trans Claudia Wonder, o DJ Chiquinho tocando as músicas que marcaram a comunidade LGBT, Cortejo Afro, Samba das Moças e Bagageryer Spielberg, em comemoração aos seus 25 anos de carreira, com as convidadas Dion, Sfat Auermann, Valerie O’rarah e Jubelíssima.

 

Minicurrículo dos palestrantes convidados

Berenice Bento

Professora de Ciências Sociais da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) e autora do livro A (re) invenção do corpo. Coordena o Núcleo de Estudos Interdisciplinares em Diversidade Sexual, Gêneros e Direitos Humanos.

Deco Ribeiro

Educador e jornalista. É diretor da primeira Escola Jovem LGBT do país, em Campinas, entidade criada com o objetivo de oferecer à juventude conhecimentos sobre a cultura LGBT e ferramentas de estimulo à auto-expressão e produção cultural.

Edward MacRae

É professor associado ao Dep. de Antropologia e Etnologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Autor do livro A construção da igualdade - Identidade sexual e política no Brasil da "abertura" e co-autor do livro O que é homossexualidade.

Fernando Seffner

É docente da Faculdade de Educação da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), onde integra a linha de pesquisa Educação, Sexualidade e Relações de Gênero. Escreveu diversos textos sobre a epidemia HIV/AIDS.
 
Júlio Assis Simões
 
Professor de antropologia na Universidade de São Paulo (USP), co-autor do livro Na trilha do arco-íris: do movimento homossexual ao LGBT. Pesquisa a produção social da diferença a partir da articulação entre categorias de raça, gênero, sexo, idade e classe.

Keila Simpson

É vice-presidente trans da Associação Brasileira de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais (ABGLT). Até maio de 2009, foi presidente da Associação Nacional de Travestis, Transexuais e Transgêneros (ANTRA).

Larissa Pelúcio

Professora de antropologia na Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (UNESP) e pesquisadora colaboradora do Núcleo de Estudos de Gênero Pagu. É autora do livro Abjeção e Desejo - uma etnografia travesti sobre o modelo preventivo de aids.

Osmundo Pinho

Professor do Centro de Artes, Humanidades e Letras da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB). É autor de diversos textos sobre relações raciais, identidades sociais, sexualidade e gênero.

Regina Facchini

Professora colaboradora do Programa de Pós-graduação em Ciências Sociais e pesquisadora do Núcleo de Estudos de Gênero Pagu (Unicamp). Autora do livro Sopa de letrinhas: movimento homossexual e produção de identidades coletivas no anos 90.

Richard Miskolci

Professor de Sociologia da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) e coordenador do grupo de pesquisa Corpo, Identidades e Subjetivações. Editou o livro Marcas da diferença no ensino escolar e co-editou a coletânea O legado de Foucault.

Suely Messeder
 
Professora de antropologia da Universidade do Estado da Bahia (UNEB) e coordenadora do Núcleo de Estudos de Gênero e Sexualidades (Diadorim). É autora do livro Ser ou não ser: uma questão para pegar a masculinidade.

Wilton Garcia

Professor do Mestrado em Semiótica, Tecnologias de Informação e Educação da Universidade Braz Cubas (UBC). É autor dos livros Corpo, mídia e representação: estudos contemporâneos e Homoerotismo & imagem no Brasil.

Serviço

Onde: Saladearte Cinema do Museu - Av. Sete de Setembro, 2195, Museu Geológico da Bahia Tel: 3338-2241
Âncora do Marujo – Av. Carlos Gomes, 804, Centro. Tel: 3329-1833
La Bouche Creperia - Rua Dias D´Ávila, 25ª, Beco da Off, Barra.
Bahia Café Aflitos - Largo dos Aflitos, s/nº - Mirante dos Aflitos Tel: 3329-0944
Quando: 15 a 17/09/2010
Inscrições: Inscrições para recebimento de certificados pelo extensaoihac@gmail.com até 13.09 (nome completo e curso/instituição)
Quanto: Entrada gratuita na Saladearte, Bahia Café Aflitos e La Bouche Creperia. Ingressos no bar Âncora do Marujo custam R$3.
Realização: Grupo de pesquisa Cultura e Sexualidade (CUS)/UFBA e Multi Planejamento Cultural
E-mail: stonewall40anos@gmail.com


 

 

 

 


Voltar

  __________________________________________________________________________________________________________
  Grupo Gay da Bahia - GGB
Rua Frei Vicente, 24 - Pelourinho - Caixa Postal 2552
CEP 40.022-260. Salvador / Bahia / Brasil 
Tel.: (71) 321-1848 / 322-2552 / 322-2176
Fax: 322-3782
 
__________________________________________________________________________________________________________

         © 2003, Todos os direitos reservados, Grupo Gay da Bahia