O GGB    ::    SEJA MAIS UM FILIADO    ::    FAÇA SUA DOAÇÃO    ::    ggb@ggb.org.br
 

Home
Saúde
Movimento GLBT
Grupos GLT
Editorial
Legislação
Direitos Humanos
Orientações
Caderno Cultural
Educação
Agenda 2004
Notícias
Artigos-Opinião
Acontece
Nossas publicações
Turismo
Sociedade
Destaques
Marcelo Cerqueira
Sites
Projetos
Roteiros e serviços

 

  

Verão na Bahia. A Praia dos Artistas é Gay
6/01/2008
Público GLS prefere as Barracas da Praia dos Artistas
Editoria local do site do GGB

Portal de entrada a Praia dos Artistas, Bca do Rio.

Equipe de atendentes da Barraca Aruba na Praia dos Artistas, Boca do Rio.

Arquiteto Jair Moura,42, da Barraca Bahamas.

SALVADOR, BA - Sete barracas voltadas ao público GLS oferecem variedade de pratos, shows e serviços nesse verão gay na Bahia. O lugar é considerado o maior Ponto de encontro GLS a beira mar em toda região do Nordeste. Significaa a mais completa representação da sigla GLS que que originalmente diz oas gays, lésbicas e simpatizantes. A sigla encontra lugar real de representação na velha cidade de Salvador, capital da Bahia, na Boca do Rio, especialmente na Praia dos Artistas, ambiente construído a dezessete anos por bravos empreendedores. Elas estão abertas ao público durante toda a semana especialmente sábado e domingo é que a frequencia aumenta de forma estrondosa.

O visual é maravilhoso, praia linda e tranqüila que possibilita um delicioso banho de mar e de sol. Chegando ao estacionamento público de veículos e quadra esportiva que precede a entrada das dunas da Praia, o visitante se encanta pela beleza da costa e pelas enormes bandeiras ostentando as cores do Arco Íris, determinando que o lugar é destinado ao público GLS.

Logo após passar as dunas de entrada do lado esquerdo a Barraca República e do direito a badalada e precursora Cabana Aruba do empresário de Orla, Carlos Lima, 51 anos quais dezessete deles dedicados á Arruba. A Cabana abre diariamente a partir das 10hs da manhã funciona de segunda a segunda, sendo que sábado e domingo é o ápice de público. Aos sábado acontecem às tardes shows de voz e violão, já no domingo a movimentação e muito intensa a frente da Cabana dá lugar a um palco improvisado onde transformistas dublam, se sucedem em shows caricatas envolvendo a platéia super participativa que adora as brincadeiras das artistas. Ao fim dos shows entra em cena na Aruba, até as 21hs, musica eletrônica acompanhada, lógico, de luzes psicodélicas e muita ferveção. O público é formado, sobretudo por jovens e existe uma disposição muito grande a paquera e ao namoro.

Têm Cabanas e Barracas para todos os gostos. O comerciante Irlandês John Flynn,52 anos, que estava na Cabana Aruba, muito disposto,perguntado o que ele gosta na praia foi categórico. “O publico é muito bom, gente interessante. Acho que tem de melhor algumas coisas, não quero atendimento cinco estrelas, mas às vezes é complicado pegar uma cerveja. A Barraca República, por exemplo, tem um som muito alto e incomoda”, disse.

A equipe do site procurou a Barraca República, uma mulher que se apresentou pelo prenome de Bárbara, não se mostrou disposta a passar informações sobre os serviços e funcionamento da empresa. Constatamos que oferece som e um cardápio variado refeições, além de vender cerveja. 

Na direção da esquerda, a terceira Cabana é a Bahamas do arquiteto Jair Moura, 42 anos, há quatro anos a frente do empreendimento, que em tom alegre disse que teve um dia magnífico, de vendas e público. A barraca oferece som mecânico de MPB ao fim do dia toca musica eletrônica para adrenalizar a moçada. Moura indica o frango a passarinha e isca de peixe acompanhada de cerveja que só sai sete graus menos, isto é estupidamente gelada.  O Comerciante Zé Carlos, 39 anos é um freqüentador assíduo da Bahamas e prefere o Arrumadinho feito a base de Carne de Sol e saladinha. “Aqui se pode falar, vê as pessoas, nas demais é muita gente, dificulta a comunicação”, disse.

Uma curiosidade que claramente se percebe em todo o trecho das Barracas é a presença feminina. Muitos casais de mulheres lésbicas, ou grupos delas fazem-se notar pelas formas espontâneas que se comunicam. A Praia é um lugar democrático ao extremo. Convivem sem estresse diversas tribos urbanas inclusive casais do sexo oposto, que transitam, se relacionam na maior descontração por todo o dia. Certamente ao cair da noite, o sol, a alegria incentivada pelas cervejas geladas deixam as pessoas muito mais a vontade e liberadas.

A Praia dos Artistas fica no Bairro da Boca do Rio. Quem segue de ônibus partindo do centro de Salvador deve-se descer logo após a sede social do Esporte Clube Bahia. Logo no ponto tem a visão das enormes bandeiras flutuando no azul do céu.  As barracas têm um sistema alternativo de segurança devendo-se redobrar atenção ao sair do local, especialmente se for a partir das 21hs.

 

 

 

 


Voltar

  __________________________________________________________________________________________________________
  Grupo Gay da Bahia - GGB
Rua Frei Vicente, 24 - Pelourinho - Caixa Postal 2552
CEP 40.022-260. Salvador / Bahia / Brasil 
Tel.: (71) 321-1848 / 322-2552 / 322-2176
Fax: 322-3782
 
__________________________________________________________________________________________________________

         © 2003, Todos os direitos reservados, Grupo Gay da Bahia