O GGB    ::    SEJA MAIS UM FILIADO    ::    FAÇA SUA DOAÇÃO    ::    ggb@ggb.org.br
 

Home
Saúde
Movimento GLBT
Grupos GLT
Editorial
Legislação
Direitos Humanos
Orientações
Caderno Cultural
Educação
Agenda 2004
Notícias
Artigos-Opinião
Acontece
Nossas publicações
Turismo
Sociedade
Destaques
Marcelo Cerqueira
Sites
Projetos
Roteiros e serviços

 

  

Bahia sem homofobia fora do papel já
GGB quer delegacia especializada para crimes homofobicos
Por Redação

 

Delegacia deve atender casos de calúnia, difamação e violência doméstica. Os casos envelndo empresas são mais fáceis de apurar, com pessoas que é complicado.

SALVADOR, BA, 3/06/09 – Quarta-feira. O grande aumento de casos de discriminação e homofobia em Salvador e na Bahia envolvendo homossexuais vem chamado atenção da entidade para a necessidade da criação de uma Delegacia Especializada contra Crimes Homofóbicos, isto é, crimes que tiveram na orientação sexual do individuo seu principal agente motivador.

A Especializada teria a finalidade de receber queixas variadas menos casos de homicídios que já existe uma Especializada na Bahia para essa finalidade. “Vejam os frutos da Delegacia da Mulher, que tanta segurança tem oferecido as mulheres vitimas de violência, elas são exemplo disso”, acredita Marcelo Cerqueira que acredita que esse é um momento para esse debate, visto que começa a discussão da Conferência de Segurança Pública. A Comissão Organizadora Estadual se reúne as tardes dos dias 3 e 4 quarta e quita no Auditório da Secretaria de Segurança Pública da Bahia no Centro Administrativo – CAB.

Um outro ponto favorável à discussão é que a Lei Orgânica da Policia Civil número 11.370 de 13 de janeiro de 2009 encontra-se para ser regulada e seria na opinião do militante um bom momento para inserir no DEPOM – Departamento de Policiamento da capital, que tem como gestor o delegado Ruy da Paz, ex-titular da I Delegacia dos Barris.  Conforme indica o GGB esse seria o momento de inserir na Lei a Regulamentação de uma Coordenadoria para a constituição de Uma Delegacia Especializada para Crimes Homofóbicos.

Seria composta de delegado titular, agentes, escrivões a delegacia atenderia casos simples como calúnia, difamação, agressão, violência doméstica entre casais de homossexuais, interdições de acesso e permanência. Muitos agentes e inclusive delegados coagem as vitimas humilhado-as e piorando ainda mais o estado emocional das mesmas “ Eles mandam a pessoa sair dessa vida, sai dessa, ta vendo ai, coisas do tipo” disse Marcelo Cerqueira. O GGB vai enviar docuemnto a Secretaria de Segurança Pública com vistas apressar esse processo da Lei.

 

 

 


Voltar

  __________________________________________________________________________________________________________
  Grupo Gay da Bahia - GGB
Rua Frei Vicente, 24 - Pelourinho - Caixa Postal 2552
CEP 40.022-260. Salvador / Bahia / Brasil 
Tel.: (71) 321-1848 / 322-2552 / 322-2176
Fax: 322-3782
 
__________________________________________________________________________________________________________

         © 2003, Todos os direitos reservados, Grupo Gay da Bahia