O GGB    ::    SEJA MAIS UM FILIADO    ::    FAÇA SUA DOAÇÃO    ::    ggb@ggb.org.br
 
Home
Saúde
Movimento GLBT
Grupos GLT
Editorial
Legislação
Direitos Humanos
Orientações
Caderno Cultural
Educação
Agenda 2004
Notícias
Artigos-Opinião
Acontece
Nossas publicações
Turismo
Sociedade
Destaques
Marcelo Cerqueira
Sites
Projetos
Roteiros e serviços

  

XI EBGLT terminou em ritmo de glória gay

Terminou em clima de parada gay depois de uma tarde tumultuada com apresentação, leitura e votação de aproximadamente trezentas moções, propostas e recomendação o XI Encontro Brasileiro de Gays, Lésbicas e Travestis, realizado nas dependências do Teatro Usina Chaminé, na cidade de Manaus de 11 a 14 passado.

O inusitado foi um show de dois gogo boys, oferecido por cortesia da boate Turbo Service, aos participantes. Os rapazes fizeram duas entradas no palco, na primeira com roupa e na segunda só de cueca branca, para alegria e de alguns que subiram ao palco para ajudar os moços a se despirem ao som dos ritmos que embalam as paradas gays no mundo.

Mesmo com o tom festivo o XI EBGLT não deixou de ser durão. Muitas recomendações foram feitas ao próximo EBGLT que deverá acontecer na cidade de Brasília, Distrito Federal, por responsabilidade do Grupo Estruturação que apresentou uma campanha bastante convincente de que Brasília terá suporte suficiente para sediar o evento em 2006. Por uma reivindicação dos participantes a palavra travesti foi substituída por transgêneros, entendendo ser essa uma terminologia mais inclusiva. No sistema de cotas as “trans” foram contemplada scom 33% das bolsas para o evento equiparando-se com as lésbicas.

O XI EBGLT terminou com avaliação positiva na opinião do ativista gay Adamor Guedes, presidente da AAGLT e responsável por viabilizar o encontro em Manaus “o encontro superou todas as expectativas, seja em público, seja na qualidade das discussões apresentadas nas plenárias” declarou. Recomendações foram feitas aos Ministérios da Justiça, Saúde, Educação e Cultura, este último será o destino final de trinta recomendações para a implementação imediata de ações a serem desenvolvida no âmbito nacional na promoção do cidadão homossexual. “Agora resta fazer o controle social, cobrar para essas recomendações se tornem políticas públicas” completou o ativista.

Dupla de rapazes despiram-se para alegria da moçada em Manaus, por ocasião do XI EBGLT, que terminou no dia 14 passado. (Marcelo Cerqueira


 


Voltar

  __________________________________________________________________________________________________________
  Grupo Gay da Bahia - GGB
Rua Frei Vicente, 24 - Pelourinho - Caixa Postal 2552
CEP 40.022-260. Salvador / Bahia / Brasil 
Tel.: (71) 321-1848 / 322-2552 / 322-2176
Fax: 322-3782
 
__________________________________________________________________________________________________________

         © 2003, Todos os direitos reservados, Grupo Gay da Bahia